Acção reivindicativa

O que enfrentamos não se compadece com hesitações!

14 de junho, 2013

1. A proposta de lei enganosamente designada por "requalificação" (que significa corte imediato no salário e desprego no prazo de um ano) contém, entre outras, as seguintes disposições:

Artº 3, nº 2 - A presente lei aplica-se às instituições de ensino superior públicas.

Artº 4º, nº 2 - A racionalização de efetivos é realizada (…) por motivos de redução de orçamento do órgão ou serviço decorrente da diminuição das transferências do Orçamento do Estado ou de receitas próprias (…)

Manifestação Nacional de Professores

O Governo pretende forçar o despedimento de muitos docentes e investigadores de carreira!

14 de junho, 2013

O Governo, como tem anunciado, vai procurar cortar os mais de 4000 milhões nas funções sociais do Estado, sobretudo com despedimentos e com mais reduções salariais em toda a Administração Pública.

Apoiando-se na autonomia e no estado limite a que conduziu a generalidade dos orçamentos das instituições, insuficientes em geral para pagar os salários, o Governo prevê para forçar os despedimentos no Ensino Superior usar conjugadamente os seguintes dois instrumentos: 1) mais cortes orçamentais e 2) “requalificação”, constituindo o primeiro a condição prévia para obrigar as instituições a aplicar a segunda.

mensagem aos docentes e investigadores

Na luta com todos, pelo futuro da escola pública e da profissão de professor

06 de junho, 2013

O ataque à Escola Pública não deixa ninguém de fora. Nesse ataque e no que respeita à Educação, os docentes e investigadores são dos primeiros visados, vítimas de medidas cujas consequências se refletem violentamente no emprego, no salário, na estabilidade e nas condições de trabalho.

11º Congresso Nacional dos Professores

Intervenções dos dirigentes do Ensino Superior e Investigação

06 de maio, 2013

Conselho de Departamento do Ensino Superior e Investigação da FENPROF

FENPROF debate Ensino Superior Politécnico

27 de março, 2013


O Conselho de Departamento do Ensino Superior e Investigação da FENPROF debateu, no passado dia 23 de Março, em Lisboa, a situação actual e as perspectivas futuras do Ensino Superior Politécnico.
Para enriquecer e provocar o debate, a FENPROF convidou os Professores Alberto Amaral e Sobrinho Teixeira que aceitaram o desafio, honraram a reunião com a sua participação, e produziram intervenções iniciais de elevado interesse e informação.

Manifestação Nacional de Professores - 26 Janeiro 2013

Em defesa do Ensino Superior e da Ciência

04 de fevereiro, 2013

Docentes do Ensino Superior participaram na grande Manifestação de Professores em defesa do Ensino Superior e da Ciência, por outro governo e outra política

MANIFESTAÇÃO NACIONAL DE PROFESSORES - 26 de Janeiro

Apelo à participação dos docentes e investigadores

16 de janeiro, 2013

 

Não somos portugueses
para ficar de braços cruzados
a ver o FMI, o Governo,
ou seja quem for, a destruir o país!

 

Em defesa do Ensino Superior Público,
de outro governo,
de outra política!

Desigualdade

Provedor de Justiça dá razão aos docentes, investigadores e à FENPROF

12 de novembro, 2012

Em nota colocada no sua página, o Provedor de Justiça, Alfredo José de Sousa, informa que sugeriu à Assembleia da República que corrija a situação de desigualdade dos docentes do ensino superior que ingressam em categoria superior, por aquisição de grau académico e em concretização de direito estatutário

Documento entregue no MEC

30 de maio, 2012

Tribuna Pública promovida pela FENPROF entrega documento no MEC

Apostar no Ensino Superior e na Ciência, defender a dignidade das carreiras

30 de maio, 2012

O Ensino Superior não aguenta mais cortes! 
Esta foi uma das notas salientes da Tribuna Pública promovida na passada quarta-feira, dia 23 de maio, em Lisboa, sob o lema “Apostar no Ensino Superior e na Ciência; Defender a dignidade das Carreiras”. A iniciativa da FENPROF, realizada numa tarde de calor intenso, juntou docentes, investigadores, sindicalistas, estudantes, bolseiros de investigação, dirigentes associativos e outros cidadãos junto às instalações do Ministério da Educação e Ciência, no Palácio das Laranjeiras, em Sete Rios. "O desemprego vai continuar a subir por causa desta política de agressão aos portugueses", destacou Mário Nogueira, no encerramento desta Tribuna. "Vêm aí mais roubos, mais ofensivas contra os direitos sociais, mais precariedade, mais desinvestimento, mais ofensivas contra os trabalhadores. Isto não vai parar. Não podemos ficar de braços cruzados!..."./ JPO

Documento entregue no MEC

Imagens da iniciativa

Vídeos das intervenções (atualizado em 29 de Maio)

Quarta-feira, dia 28, nas Laranjeiras

FENPROF reúne com Secretária de Estado da Ciência

27 de março, 2012

Porque aderimos à greve

DIREITO À INDIGNAÇÃO

20 de março, 2012


A crise não pode ser desculpa para tudo!

Mostra a tua indignação e adere à greve!

Subidas de escalão em data anterior a 2011

Esclarecimento

23 de fevereiro, 2012

Esclarecimento relativamente às subidas de escalão que já deveriam ter ocorrido antes de 2011 e que não ocorreram por responsabilidades não imputáveis aos docentes.

Confirmado entendimento da FENPROF quanto à subida de escalões

Professores vêem confirmado direito à progressão

23 de fevereiro, 2012

As dificuldades administrativas e funcionais das instituições de ensino superior não podem ser imputadas aos docentes, nem estes podem sofrer qualquer prejuízo por não terem sido objecto, em tempo útil, de avaliação do desempenho. Muitas instituições atrasaram o processo e aplicaram-no já após o término do ano 2010, tendo algumas justificado, com as Leis dos OE de 2011 e 2012, a não realização das subidas de escalão.

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital

Professores da ESTGOH não se resignam e exigem clareza quanto ao seu futuro

16 de fevereiro, 2012

Os docentes da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital decidiram intervir mais efectivamente neste processo pouco claro (supressão e substituição de cursos/eventualmente encerramento da escola) que tem, entre ideias e propostas, deixado a comunidade académica, docente e discente, no embrulhar de perspectivas quanto ao seu futuro.

Ensino Superior

FENPROF reuniu com o Conselho Coordenador dos Institutos Politécnicos

04 de fevereiro, 2012

A FENPROF reuniu (2 de Fevereiro) com o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), representado pelos membros do seu Conselho Permanente, para debater a situação actual do Ensino Superior Politécnico e os problemas que presentemente estão a afectar os seus docentes.

Ensino Superior Politécnico

Passagem de Assistente ou equiparado a Assistente, doutorado ou com título de Especialista em 1012, a Professor Adjunto

03 de fevereiro, 2012

OE/210 não impede a sua contratação e remuneração como tal

Ao contrário do que tem sido a interpretação de vários Institutos Politécnicos sobre a Lei do Orçamento de Estado (LOE) para 2012, a FENPROF entende que os regimes de transição para o contrato de trabalho em funções públicas de pessoal especialmente contratado como assistentes e equiparados a assistentes, consignados no actual ECPDESP (artigos 6º e seguintes do Decreto-Lei n.º 207/2009, de 31 de Agosto), não estão condicionados pela LOE/2012.

OE/2012

Assistentes: OE/2012 não impede contratação e remuneração

31 de janeiro, 2012

O OE/2012 não impede a contratação e remuneração como professores auxiliares dos assistentes, assistentes convidados e assistentes estagiários que concluam o seu doutoramento

Ao contrário do que tem sido a interpretação de várias Universidades sobre a Lei do Orçamento de Estado (LOE) para 2012, a FENPROF entende que os regimes de transição para o contrato de trabalho em funções públicas de pessoal especialmente contratado como assistentes, assistentes convidados e assistentes estagiários, consignados no actual ECDU (artigos 8º e seguintes do Decreto-Lei n.º 205/2009, de 31 de Agosto), não estão condicionados pela LOE/2012.

PROTEC

FENPROF exige soluções

24 de janeiro, 2012

O PROTEC e a formação de docentes do Ensino Superior Politécnico

Muito se tem dito sobre os apoios do programa PROTEC referente à formação de docentes, sem que até agora tivesse havido esclarecimentos efectivos.

Nos últimos dois anos muitos docentes viram as suas expectativas goradas no que se refere aos apoios que lhes seriam concedidos (dispensa de serviço, redução de horário, pagamento de propinas, etc.) para terem condições de se dedicar aos seus projectos de doutoramento e assim poderem adquirir as novas qualificações de referência definidas na revisão do Estatuto de Carreira.

FENPROF saúda os muitos colegas que assumiram o seu protesto

Greve Geral com muito impacto no Ensino Superior

24 de novembro, 2011

Segundo foi possível apurar até ao início da tarde, esta foi uma das greves com maior adesão no ensino superior. Entre muito exemplos, temos notícia de fortes adesões dos Professores do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, das Faculdades de Ciências, Letras, Arquitectura, Ciências da Educação e Psicologia da Universidade do Porto, do Instituto Superior Técnico, da Universidade do Algarve, das Faculdades de Ciências e Farmácia da Universidade de Lisboa, do pólo de Ciências Sociais e Humanas da Beira Interior, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, do ISCSP da Universidade da Madeira, do pólo de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora, da Universidade de Aveiro e da Universidade do Minho.