Nacional
A propósito do "corretor de assimetrias" ou "acelerador" do ministro

Um chouriço por um porco

21 de maio, 2023

Texto de Mário Nogueira, Secretário-Geral da FENPROF

O ministro João Costa tem-se desdobrado na promoção do diploma a que ora chama “corretor de assimetrias na carreira”, ora designa de “acelerador”. Fê-lo após uma "negociação" que, decorridas quatro reuniões, informou não ter alterado uma vírgula, mas também na conferência de imprensa que se seguiu ao conselho de ministros que aprovou o diploma, em declarações diversas a jornalistas e também em reuniões partidárias, nas quais o seu discurso é validado pelo deputado que decide sobre as coisas da Educação, ainda que não seja quem coordena a área no grupo parlamentar.

20 de maio de 2023

Marcha pelo Direito à Saúde em Lisboa, Porto e Coimbra

08 de maio, 2023

A CGTP-IN, a Federação dos Sindicatos da Função Pública, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, o Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica e o Movimento de Utentes dos Serviços Públicos promovem no próximo dia 20 de maio a "Marcha pelo Direito à Saúde", em Lisboa, Porto e Coimbra.

Para exigir uma política que "respeite os profissionais e garanta o direito à saúde", a "Marcha pelo Direito à Saúde", vai sair às 15 horas, do Campo Pequeno, em Lisboa, e do Hospital de São João, no Porto, e, às 11 horas, do Centro de Saúde Fernão de Magalhães, em Coimbra.

Dia Internacional do Trabalhador

Professores presentes no 1.º de Maio!

01 de maio, 2023

Os professores e educadores participaram nas iniciativas comemorativas do 1.º de Maio em todo o país, juntando os motivos da sua luta às justas reivindicações dos trabalhadores por melhores salários e melhores condições de vida.

O Secretário-geral da FENPROF interveio em Coimbra em representação da Comissão Executiva da CGTP-IN. Veja aqui as imagens.

A luta continua!

Professores marcarão presença nas iniciativas do 1.º de Maio e, no dia 2, no distrito de Faro, iniciam terceira semana de greves

28 de abril, 2023

O 1.º de Maio é um dia incontornável de luta para qualquer trabalhador e os professores não são exceção. Do Minho ao Algarve, docentes e investigadores marcarão presença nas iniciativas que tiverem lugar, identificando-se com exigências gerais – aumento dos salários, valorização de carreiras e profissões, combate à precariedade ou investimento nos serviços públicos, entre outras – e assumirão as suas reivindicações específicas que têm sido motores de uma luta que, este ano letivo, começou com o seu início.

A partir de 2 de maio, os professores e os educadores entrarão na segunda metade das greves distritais que se iniciaram em 17 de abril no Porto, prolongando-se até 12 de maio em Lisboa.

40.º Aniversário da FENPROF

Inaugurada a Exposição sobre José Salvado Sampaio

20 de abril, 2023

A figura, a personalidade, o trabalho e o exemplo de Salvado Sampaio de que se conhece a expressão “Gosto de ser contestado!” caracterizam o democrata que via o confronto como instrumento para ir ao encontro da luz.

Em 20 de abril, foi inaugurada, no âmbito das comemorações do 40.º aniversário da FENPROF, na Galeria António Borges Coelho, Lisboa (SPGL), a exposição "Salvado Sampaio, o Homem e o Pedagogo". Esta exposição pode ser vista até 6 de maio.

Professores em luta

Reunião das organizações sindicais de docentes com os partidos políticos

04 de abril, 2023

Prosseguem esta terça-feira as reuniões de ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE e SPLIU com os partidos políticos.

Durante a manhã, as organizações sindicais de docentes foram recebidas pelo Secretário-geral do PCP e, à tarde, pela vice-presidente do PSD, a quem apresentaram os motivos para as suas reivindicações, designadamente a recuperação do tempo de serviço, e alertaram para o atropelo ao direito à greve que tem estado a ser cometido pelo ME.

Professores em luta

Organizações sindicais iniciam ronda de reuniões com partidos políticos

30 de março, 2023

ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE e SPLIU iniciaram, esta quinta-feira na Assembleia da República, uma ronda de reuniões com os partidos políticos. Na primeira reunião, as organizações sindicais apresentaram à Coordenadora do BE, Catarina Martins, e à Deputada Joana Mortágua os principais problemas que constam da agenda reivindicativa dos professores, com destaque para as questões da carreira, os concursos, a mobilidade por doença e o direito à greve.

Professores na manifestação da CGTP-IN

Unidos pelos salários e pelas pensões, contra a exploração, pelos serviços públicos

19 de março, 2023

Os professores voltaram à rua, no sábado 18 de março, juntando-se aos trabalhadores dos setores público e privado, por melhores salários, melhores pensões, pelos serviços públicos e por melhores condições de trabalho.
Com uma presença visível e audível a luta dos professores juntou-se à de todos os portugueses em defesa dos direitos laborais e de melhores condições de vida.

Greve 17 de março

Escolas fechadas e adesão significativa apesar das ameaças e do assédio sobre trabalhadores

17 de março, 2023

Não deixam de ser preocupantes, contudo, os procedimentos antidemocráticos que se verificaram

O Ministério da Educação não se quis "atravessar" e empurrou os diretores das escolas e dos agrupamentos para que cometessem os atos que, agora, poderão vir a ser alvo de queixa junto da PGR.

Dia 22 de março, pelas 9:00 horas, a FENPROF estará no ME para a reunião que foi convocada. Para além dos aspetos agendados, colocará esta intolerável situação, exigindo respeito pela legalidade democrática e pelo direito à greve, um direito que tem consagração constitucional.

Greve 17 de março

Primeira apreciação dos efeitos da greve dos trabalhadores da Administração Pública nas escolas

17 de março, 2023

O Secretário-geral da FENPROF saudou adesão dos professores, a sua coragem de manter o protesto, a resistência ao assédio e às ameaças a propósito dos serviços mínimos. Comentou, ainda, a conferência de imprensa do ministro da Educação sobre a aprovação do diploma do regime de concursos e o agendamento de nova reunião no Ministério da Educação para o dia 22 de março, pelas 9 horas.

Nas notícias:

17 de março, 12:00 horas, EB 2.3 Marquesa de Alorna, Lisboa

FENPROF faz primeira avaliação do impacto da Greve nas escolas

16 de março, 2023

Amanhã, integrados na delegação da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública e com a presença da Secretária-geral da CGTP-IN, os dirigentes da FENPROF estarão presentes na conferência de imprensa de avaliação do impacto da greve que, sublinhe-se, não tem serviços mínimos.

Professores em luta

Dia 17 de março, professores e educadores estarão em greve, convergindo com toda a Administração Pública

14 de março, 2023

Em 18 de março, na manifestação de todos os trabalhadores de Portugal

Os docentes, por maioria de razões, estarão em greve no dia 17, apesar de o Ministério da Educação (ME) ter considerado que o pré-aviso de greve apresentado pela FENPROF deveria ter respeitado prazos que permitissem requerer serviços mínimos, o que se contesta. Aceite o ME ou não o pré-aviso apresentado pela FENPROF, os professores poderão fazer greve, uma vez que o pré-aviso entregue pela Federação dos Sindicatos da Função Pública abrange todos os trabalhadores, incluindo os docentes. Sobre este pré-aviso não foram pedidos serviços mínimos, o que significa que o ME é seletivo no pedido, só o fazendo em relação aos que são apresentados por organizações sindicais representativas, exclusivamente, de docentes.

 

Greve Administração Pública

Pré-aviso de greve para 17 de março de 2023

09 de março, 2023

Pré-aviso de Greve Nacional de Professores e Educadores das zero às 24 horas do dia 17 de março de 2023, em convergência com os demais trabalhadores da Administração Pública

Lisboa, 25 de fevereiro

Manifestação por uma Vida Justa - FENPROF solidária, apela à participação de docentes e investigadores

20 de fevereiro, 2023

A partir deste Manifesto Vida Justa, os subscritores convocaram uma Manifestação em que se reclama Justiça e igualdade para acabar com a crise. Será em Lisboa, no dia 25 de fevereiro. A FENPROF, por se rever no Manifesto e nos objetivos da Manifestação convocada, apela à participação dos docentes e dos investigadores. A exigência de uma vida justa deve contar com a solidariedade e a mobilização de todos/as nós.

OE 2023

FENPROF associa-se à concentração da CGTP-IN na Assembleia da República

25 de novembro, 2022

A FENPROF juntou-se à CGTP-IN na concentração contra o aumento do custo de vida, que juntou centenas de manifestantes em frente à Assembleia da República, no dia da votação final do Orçamento do Estado para 2023.

No final da iniciativa foi aprovada a resolução: “Mais salário! Melhores pensões! | Contra o aumento do custo de vida e o ataque aos direitos | Investir nos serviços públicos”.

Greve dos trabalhadores da Administração Pública

FENPROF estima que, devido à greve, em 90% das escolas não houve aulas

18 de novembro, 2022

Pelos dados recolhidos ao longo de toda a manhã, a FENPROF estima que em 90% das escolas não houve aulas. Um número que tem vindo a crescer durante a tarde, pois são várias as escolas que, tendo tido aulas durante a manhã em condições mínimas de funcionamento, tiveram de encerrar de tarde.

Com esta greve, os trabalhadores da Administração Pública tornam público o seu descontentamento pela forma como são tratados pelo governo, cujas políticas desrespeitam os seus direitos e põem em causa a qualidade da resposta dos serviços públicos.

Escolas encerradas. Forte adesão no setor da Educação

Professores em greve: Pelo direito a salários justos e pela recuperação do poder de compra

18 de novembro, 2022

Por todo o país são visíveis os sinais de uma grande greve nacional da Administração Pública. Esta é a resposta a uma política de desvalorização salarial e de empobrecimento dos trabalhadores de todos os setores dos serviços públicos.

Como referiu o Secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, esta manhã, é como se o governo estivesse a gozar com quem trabalha, porque se é verdade que 2% de aumento salarial para 2023 é o maior aumento salarial da década, também é verdade que se trata da maior perda de poder de compra só num ano, verificada nos últimos 30 anos.

Greve Nacional dos Trabalhadores da Administração Pública

FENPROF acompanha greve desde as 8:00 horas nas escolas

17 de novembro, 2022

Professores, educadores e investigadores vão estar em greve no dia 18 de novembro por aumentos salariais justos; pela manutenção da paridade com carreira técnica superior; pela contagem integral do tempo de serviço; pela eliminação das vagas e das quotas; por respeito pelos Professores; pela valorização da Profissão Docente; em defesa da Escola Pública!

Logo pela manhã, a FENPROF e os seus Sindicatos estarão junto às seguintes escolas, juntamente com outras organizações de trabalhadores da administração pública.

Pré-aviso de greve - 18 de novembro de 2022

FENPROF junta-se aos trabalhadores da Administração Pública na greve de 18 de novembro

11 de novembro, 2022

Aumentos salariais justos; Manutenção da paridade com carreira técnica superior; Contagem integral do tempo de serviço; Eliminação das vagas e das quotas; Respeitar os Professores; valorizar a Profissão Docente; Defender a Escola Pública!

Consulte o pré-aviso de greve.

Greve Nacional em 2 de novembro

Saudação aos Professores e Educadores

03 de novembro, 2022

A FENPROF saúda calorosamente todos/as os/as docentes que em 2 de novembro aderiram à Greve Nacional. Largas centenas de estabelecimentos encerrados, com destaque para os do Pré-escolar e do 1.º Ciclo, outros sem atividade letiva ou com fortes percentagens de adesão à greve, fizeram deste um intenso dia de afirmação e exigência. Foram muitos os milhares de docentes que se mobilizaram para a luta!

2 DE NOVEMBRO • PROFESSORES E EDUCADORES EM GREVE

Em defesa de um Salário Justo, da Carreira e demais direitos, por respeito e pela Valorização da Profissão

27 de outubro, 2022

Os Professores e os Educadores andam cansados, indignados, sentem-se desconsiderados, fartos de ser discriminados, percebem-se injustiçados, mal avaliados e, com as vagas, as quotas e o roubo de tempo de serviço estão a ser maltratados.
Não tem de ser assim! Mas, para isso, não podemos ficar sentados; há que ir à luta. Só assim seremos respeitados! Dia 2 de novembro, será dia de luta: Greve Nacional e Concentração junto à Assembleia da República, a partir das 15:00 horas. (Inclui documento informativo sobre a situação)

Reuniu o Conselho Nacional da FENPROF

Aprovada concentração em frente à Assembleia da República em dia de greve

22 de outubro, 2022

No final da reunião do Conselho Nacional, em conferência de imprensa, o Secretário-geral da FENPROF lembrou os motivos que levaram à convocação de uma greve nacional para o dia 2 de novembro e anunciou a realização de uma concentração de professores e educadores em frente à Assembleia da República, nesse mesmo dia.

Greve Nacional de Professores e Educadores

Mário Nogueira: os motivos que levam os professores à greve no dia 2 de novembro

20 de outubro, 2022

O Secretário-Geral da FENPROF afirma que a proposta de Orçamento do Estado para 2023 não tem uma única solução para os problemas que afetam a profissão docente. Por outro lado, a recusa do ME em negociar um protocolo negocial, que permita resolver os problemas da profissão, é sinal de uma total ausência de vontade política para alterar a forma de estar do anterior ministro.

FENPROF solidária esteve com aqueles/as que manifestaram a sua indignação

Figueira da Foz desfilou contra o desrespeito e a violência sobre professores

20 de outubro, 2022

Dirigentes do SPRC e da FENPROF estiveram com aqueles que manifestavam indignação pelos atos de violência praticados sobre os professores e a sua solidadriedade para com a docente recentemente agredida no recinto de uma escola do concelho.