Todas as notícias
Professores em luta

Greve em Santarém com adesão acima dos 95%

01 de fevereiro, 2023

Na véspera de mais uma reunião negocial com o Ministério da Educação, a adesão à greve no distrito de Santarém ultrapassou os 95%. No Largo do Seminário, em Santarém, estiveram perto de um milhar de docentes.

Os professores e educadores não desarmam. A luta continua! 

Professores em luta

A 1 de fevereiro, a greve por distritos chega a Santarém, com várias concentrações e desfiles de professores pelo distrito

31 de janeiro, 2023

A 1 de fevereiro, no distrito de Santarém, vão realizar-se iniciativas em várias cidades - Abrantes, Rio Maior, Tomar (com a presença do Secretário-Geral da FENPROF, Mário Nogueira) - que culminarão com a concentração na capital de distrito, às 11 horas, no Largo do Seminário, onde estará presente o Secretário-Geral adjunto José Feliciano Costa .

Consulta aqui o horário das iniciativas.

Professores em luta

Greve no distrito de Portalegre: forte adesão e uma grande concentração!

31 de janeiro, 2023

A greve no distrito de Portalegre registou grande adesão com muitas escolas e agrupamentos sem aulas. A concentração na Praça da República contou com centenas de professores numa inédita mobilização que reforça a exigência de soluções da parte do governo/ME. 

Professores em luta

CONTEE solidariza-se com a luta dos professores

31 de janeiro, 2023

A CONTEE, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino do Brasil, enviou à FENPROF uma nota de solidariedade com a luta dos professores em Portugal, onde manifesta integral apoio às movimentações dos trabalhadores em educação em Portugal e repudia a ação do governo português, que tenta criar mecanismos para esvaziar e descredibilizar a luta dos docentes.

Leia aqui o texto solidário dos professores brasileiros.

Professores em luta

31 de janeiro, Greve no distrito de Portalegre com concentração de professores, às 10:30h, na Praça da República

30 de janeiro, 2023

31 de janeiro de 2023 será dia de greve nacional convocada pela FENPROF e por mais 8 organizações sindicais em convergência, abrangendo os docentes das escolas do distrito de Portalegre.

Esta greve será acompanhada por concentrações junto às escolas  a partir das 8:30 horas e posterior deslocação dos professores para a Praça da República onde irá ocorrer uma concentração, às 10:30 horas, com a presença do Secretário-geral adjunto da FENPROF José Feliciano Costa.

Professores em luta

Que grande greve em Leiria! A rua enche com uma das maiores manifestações aí realizadas.

30 de janeiro, 2023

A greve de incidência distrital está a atingir o nível de adesão que é necessário para que o governo e a população percebam que a ação dos professores em defesa da sua profissão chegou ao nível em que não é possível haver recuos. 97% de adesão reforça a importância do que está, agora sim, a acontecer no nosso país.

Esclarecimento

Greves em curso, de incidência distrital, não estão sujeitas a "serviços mínimos"

30 de janeiro, 2023

As organizações que convocaram greves de incidência distrital entre os dias 16 de janeiro e 8 de fevereiro de 2023 esclarecem que, para esta greve não foram requeridos "serviços mínimos", e que, se, em alguma escola, forem estabelecidos "serviços mínimos" para esta greve de incidência distrital, serão ilegais.

Leia aqui a informação completa.

Comunicado CGTP-IN

CGTP-IN repudia ataques ao direito à greve

30 de janeiro, 2023

Comunicado da CGTP-IN: "A CGTP-IN repudia a recente determinação de serviços mínimos nas escolas, que é inédita no nosso país, e que procura abrir um precedente para pôr em causa o direito à greve".

Entrevista JN/TSF

Mário Nogueira: "A luta dos professores é para continuar e não nos deixaremos quebrar nem torcer"

29 de janeiro, 2023

O Secretário-geral da FENPROF esclarece alguns aspetos da sua entrevista ao JN e à TSF: "Face à discussão nas redes sociais, no caso sobre a minha entrevista à TSF / JN, que a FENPROF divulga, pede-se aos colegas que a oiçam ou leiam na íntegra. A escolha de títulos e destaques dados pelos jornalistas são da sua exclusiva responsabilidade".

Professores em luta

A luta dos professores, dia 30 de janeiro, prossegue no distrito de Leiria

29 de janeiro, 2023

A terceira semana de greve nacional com incidência distrital, convocada por nove organizações sindicais, decorrerá a 30 de janeiro nas escolas do distrito de Leiria. A julgar pelos níveis registados nos últimos dias, prevê-se que a adesão se mantenha elevada e que seja mais um dia de forte luta.

No próximo dia 30 de janeiro, os professores em greve irão concentrar-se no Largo do Papa, a partir das 10:30 horas.

Entrevista TSF/JN

Mário Nogueira: "Perante um impasse o primeiro-ministro terá de dar a cara"

29 de janeiro, 2023

Na passada quinta-feira, o Secretário-geral da FENPROF foi o convidado da entrevista TSF/JN que foi hoje divulgada. A luta dos professores pela recuperação do tempo de serviço, contra a precariedade e as propostas do ME para a revisão do regime de concursos, por um regime específico de aposentação, pela eliminação das vagas e das quotas, por melhores condições de trabalho, foram os principais temas abordados.

Leia e ouça aqui a entrevista na íntegra.

Greve

FENPROF repudia decretamento de serviços mínimos! Greves por distrito não estão abrangidas

27 de janeiro, 2023

A FENPROF informa que a greve por distritos que foi convocada, em convergência, agora por nove organizações sindicais, não está abrangida por quaisquer serviços mínimos, pelo que todos os educadores e professores poderão, sem qualquer limitação, continuar a aderir a esta greve. Apesar de as greves por distrito não terem sido abrangidas pelos serviços mínimos, a FENPROF não pode deixar de repudiar a decisão de decretar serviços mínimos, que é inédita no nosso país e abre um precedente que poderá pôr em causa o direito à greve por parte dos professores, um direito constitucionalmente consagrado.

Contas do Dia - Antena 1

FENPROF repudia e apresenta queixa sobre declarações de Helena Garrido

27 de janeiro, 2023

Hoje, 27 de janeiro de 2023, na sua crónica habitual antes do noticiário das 9:00 horas, Helena Garrido pronunciou-se sobre a luta dos professores e a sua importância. Na sua comunicação, Helena Garrido dirige um conjunto de acusações que põem em causa a honra e o bom nome da Federação Nacional dos Professores. 

Por esse motivo, a FENPROF enviou uma queixa à Direção de Programas da Antena 1 e à Entidade Reguladora da Comunicação Social que aqui se transcreve.

Professores em luta

97% de adesão à Greve na Guarda, milhares na rua

27 de janeiro, 2023

Os professores e educadores da Guarda responderam com força e determinação ao apelo à participação na Greve por Distritos e na ação de rua que lhe está associada, à semelhança do que tem sido feito em todo o país.

Guarda fica marcada pelo aumento da adesão, atingindo o valor mais elevado até agora registado (97%) e participando com determinação e fulgor na ação de rua que se traduziu (entre outras iniciativas) por uma Marcha da central de Camionagem à Praça do Município.

Declarações do Secretário-geral da FENPROF

Reunião com a Presidência da República

Mário Nogueira: "Todos os apoios à luta dos professores são importantes"

26 de janeiro, 2023

As nove organizações sindicais que estão em convergência nesta luta dos professores foram, esta quinta-feira, recebidas pela Presidência da República, onde expuseram os motivos que estão a levar os professores e educadores a esta grande luta.

As organizações sindicais esperam, agora, que o Presidente da República possa exercer a sua influência junto do governo no sentido de dar resposta a estes problemas e, consequentemente, à falta de professores qualificados em Portugal.

Professores em luta

Amanhã, 27 de janeiro, greve distrital vai para o distrito da Guarda

26 de janeiro, 2023

Amanhã é dia de a greve nacional por distritos convocada pela FENPROF e por mais 8 organizações sindicais chegar ao distrito da Guarda. Esta greve será acompanhada com manifestações de rua que nem o frio do interior mais frio de Portugal arrefecerá ou fará esmorecer.

Luta dos professores em grande força no Algarve

Faro com 95% de adesão, 6000 docentes manifestam-se na rua

26 de janeiro, 2023

Com os dias a passar e a aproximação da realização da grande Manifestação Nacional de 11 de fevereiro, os índices de adesão às greves distritais já não surpreendem. Hoje, o distrito de Faro veio para a rua em grande força, com números atualizados de 6000 manifestantes e uma adesão à greve e que volta a chegar aos 95% com muitas escolas sem aulas e com 100% de adesão.

> ver galeria de fotos na notícia

Professores em luta

Organizações sindicais de docentes recebidas hoje na Presidência da República

25 de janeiro, 2023

As nove organizações sindicais que convergem na greve por distritos e que convocaram a Manifestação Nacional do próximo dia 11 de fevereiro, em defesa da profissão de Professor, serão recebidas hoje, 26 de janeiro, às 13:30 horas, pela Assessoria da Presidência da República para a área da Educação.

Professores em luta

93% de adesão à greve no distrito de Évora. A luta dos professores não vai parar!

25 de janeiro, 2023

O distrito de Évora registou mais uma grande adesão à greve nacional com incidência distrital convocada pelas sete organizações sindicais que estão em convergência nesta luta. 

Perto de um milhar de professores e educadores concentraram-se na Praça do Giraldo para exigirem respeito e dizerem ao ME que a luta não vai parar.

Veja aqui a reportagem fotográfica e as declarações do Secretário-Geral adjunto Francisco Gonçalves.

Professores em luta

De outubro de 2018 a janeiro de 2023: 63 meses e meio de luta com os professores

24 de janeiro, 2023

A edição número 311 do Jornal da FENPROF publica, nas páginas centrais um resumo dos principais momentos da luta dos professores desde 1 de outubro de 2018 até ao início da greve por distritos a 16 de janeiro de 2023. Foram 63 meses e meio (5 anos, 3 meses e 16 dias) e mais de 123 iniciativas públicas em que a FENPROF nunca deixou de estar ao lado dos professores e educadores na luta pelos seus direitos.

Recorde-as aqui.

Professores em luta

"Coimbra é uma lição também na Educação!" - 95% de adesão à greve no distrito

24 de janeiro, 2023

No dia da greve no distrito de Coimbra, mais de 3 mil professores e educadores concentraram-se na Praça 8 de Maio. O Secretário-geral da FENPROF declarou que, com 95% de adesão em todo o distrito, esta é a maior greve de professores e educadores de que tem memória.

Na sua intervenção, Mário Nogueira também esclareceu os professores e educadores presentes sobre as propostas apresentadas pelo ME, as suas implicações e a importância da continuação da luta, da participação na Manifestação Nacional de 11 de fevereiro e do prosseguimento da ação dos professores e educadores após esta data, até que o governo recue nas suas intenções e aceite negociar as matérias que a FENPROF colocou na sua agenda reivindicativa. Uma agenda que é partilhada com mais 8 organizações sindicais.

Ver galeria de fotos.

Greve por distritos

Em 24 de janeiro a greve avança para o distrito de Coimbra: Três marchas confluem na Praça 8 de Maio

23 de janeiro, 2023

Convocada por oito organizações sindicais, a Greve avança a 24 de janeiro nas escolas e jardins de infância do distrito de Coimbra, prevendo-se que seja muito elevada a adesão, completada com outras formas de luta que vão desde concentrações, ao início do dia, junto às escolas, à realização de três marchas que, saindo de três locais distintos da cidade de Coimbra, irão confluir na Praça 8 de Maio, às 10H30.

Professores em luta

Greve em Castelo Branco com adesão acima dos 90%

23 de janeiro, 2023

A segunda semana da greve por distritos iniciou-se em Castelo Branco, onde se realizaram concentrações à porta das escolas, no Largo da Câmara Municipal de Castelo Branco e na Rotunda do Operário, na Covilhã. A adesão mantém-se acima dos 90%.

Veja aqui as declarações do Secretário-geral da FENPROF na Covilhã e a reportagem fotográfica no distrito.