CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
15 dez 2018 / 18:38

O Conselho Nacional da FENPROF aprovou um Caderno de Reivindicações Prioritárias (clique para ler) no qual estão integrados os objetivos reivindicativos da FENPROF, a concretizar até final da Legislatura, bem como as ações e lutas para os obter. Nesse sentido, foram aprovadas as ações e lutas que, autonomamente ou em convergência, a FENPROF promoverá. Com o intuito de cumprir os objetivos definidos, a FENPROF assumirá as suas responsabilidades de organização sindical representativa.


Greve contra os abusos e ilegalidades nos horários de trabalho
14 dez 2018 / 19:55

Os pré-avisos referentes aos dias da interrupção letiva permitem aos docentes fazer greve às tarefas neles identificadas (reuniões ou outras). Tal só deve suceder quando a distribuição de serviço determinar a prestação de mais de 35 horas de trabalho na semana em causa. Não deverá ser o caso, nomeadamente, das reuniões de avaliação que têm lugar na interrupção letiva e que, portanto, não são visadas pela greve em curso.


APELO URGENTE!
14 dez 2018 / 14:06

Vão começar as reuniões de Conselho de Turma de avaliação de final do 1.º período. VAMOS APROVEITAR PARA TOMAR POSIÇÃO, EM NOME DA QUALIDADE DE ENSINO E DE UMA AVALIAÇÃO JUSTA!

Na sequência da alteração legislativa imposta ao funcionamento dos conselhos de turma de avaliação, a FENPROF apela aos professores que deixem em ata a sua oposição a essa decisão.

Consulta aqui a possível tomada de posição a incluir na ata.

 


9A4M2D
12 dez 2018 / 18:03

O governo, através de convocatória enviada pelo Ministério da Educação em 4 de dezembro, p.p., decidiu abrir um processo negocial sobre a recomposição da carreira docente, tendo, para esse efeito, marcado uma  reunião para o dia seguinte.

Na reunião realizada em 5 de dezembro não surgiu qualquer acordo, pois o governo limitou-se a repetir a proposta já antes apresentada e aprovada em Conselho de Ministros em 4 de outubro. Como tal, as organizações sindicais subscritoras, face ao desacordo verificado, requereram a realização de negociação suplementar relativa ao processo de recomposição da carreira, deixando claro que tal negociação se refere à satisfação da obrigação legal imposta pela Lei do OE de 2018.


9A4M2D
06 dez 2018 / 15:12

A FENPROF entregou esta quinta-feira na Presidência do Conselho de Ministros mais de 20.500 postais de apoio à luta dos professores. Estes postais foram recolhidos em todo o país de 12 a 30 de novembro e, afirma Mário Nogueira, demonstram bem o apoio que os portugueses dão à luta dos professores pela recuperação integral do tempo de serviço cumprido pelos docentes: 9 anos, 4 meses e 2 dias.

Ver imagens da iniciativa

 


Prémio António Gedeão 2018
10 dez 2018 / 12:18

O Júri da edição de 2018 (quinta edição do prémio António Gedeão) – poesia – composto por Paulo Sucena (Presidente), Clara Crabbé Rocha e José Manuel Mendes, reuniu no dia 1 de outubro e decidiu, por unanimidade, distinguir o livro “Oblívio”, de Daniel Jonas (Assírio&Alvim, 2017). 

A cerimónia de entrega do prémio pelas entidades promotoras terá lugar no dia 14 de dezembro, às 15.00 horas, no Espaço António Borges Coelho, situado no edifício que aloja as sedes da FENPROF e do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa (na Rua Fialho de Almeida, n.º 3, em Lisboa). A FENPROF e a SABSEG convidam os professores, em particular, e todos os interessados, em geral, a acompanharem a sessão, tendo, na ocasião, a oportunidade de aquisição do livro e de contacto com o autor. 


9A4M2D

 

Mário Nogueira explica que o governo não apresentou nada de novo e insiste em apagar 6,5 anos de tempo de serviço cumprido pelos professores, numa clara afronta e falta de respeito pelos docentes.

O Secretário-geral da FENPROF afirma que os professores não vão baixar os braços e vão manter a exigência de recuperação integral do tempo de serviço cumprido. Uma posição reforçada pela decisão de recuperação dos 9 anos, 4 meses e 2 dias pelos governos regionais da Madeira e dos Açores.


FENPROF participa em reunião negocial convocada pelo ME sobre recomposição da carreira

Mário Nogueira, enquanto porta-voz das organizações sindicais de professores, diz que, “mais que expectantes, estamos curiosos” e que espera que “este não seja mais um simulacro” para o governo exibir nos noticiários das oito da noite.


Professores do continente repudiam discriminação em relação aos colegas da Madeira e dos Açores e exigem recuperar os mesmos 

9 ANOS 4 MESES 2 DIAS

A FENPROF reafirma que não admitirá qualquer solução que apague tempo de serviço aos professores; não admitirá que, depois de discriminados em relação à generalidade dos trabalhadores da Administração Pública, os professores que exercem atividade no continente sejam discriminados em relação aos seus colegas que trabalham nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores, cujos governos demonstraram respeitar os seus professores, ao contrário do governo de Lisboa.

 


Professores que trabalham no continente continuam a reclamar respeito e justiça, recusando discriminação e repudiando a chantagem imposta pelo Governo

Na próxima quinta-feira, dia 6, a FENPROF entregará ao Governo milhares de postais de apoio à luta dos professores recolhidos junto da população. Assim, os Sindicatos da FENPROF que representam professores do Continente juntar-se-ão em Lisboa, frente à Basílica da Estrela, às 11 horas. Daí, dirigir-se-ão para a Presidência do Conselho de Ministros (Rua Gomes Teixeira) onde o Governo está reunido e voltará a debater esta questão.


9A 4M 2D: POR UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA

O Governo Regional dos Açores declarou que, também naquela região, os professores terão o seu tempo de serviço completamente contado.

Depois da Madeira (foi já aprovado em sede de Assembleia Legislativa Regional com os votos de todos os partidos) chegou agora a vez de os Açores deixarem António Costa ainda mais isolado na sua teimosia irracional e os professores do Continente claramente discriminados, negativamente, em relação aos seus colegas das ilhas.

Os professores não aceitam esta discriminação e fica garantido que lutarão até que o tempo seja todo contado.


9 ANOS 4 MESES 2 DIAS: Depois da Madeira, governo dos açores garante contagem integral

Professores do Continente Português com razões acrescidas para exigir a recuperação integral do tempo de serviço. FENPROF exige abertura urgente de negociações.

Face à situação criada e ao isolamento completo do Governo de Lisboa, a FENPROF recomenda ao Senhor Primeiro-Ministro que rasgue o Decreto-Lei que, por afronta aos professores, o seu governo aprovou na véspera do Dia Mundial do Professor e exige a convocação das organizações sindicais para uma ronda negocial em que se inicie, finalmente, a negociação do prazo e do modo de recuperar os 9 anos, 4 meses e 2 dias que estiveram congelados. Se a proposta do governo, na primeira reunião, for no sentido de se aplicar ao continente a solução aprovada na Região Autónoma da Madeira, o processo negocial estará facilitado.

Os professores e educadores consideram que, por razões de coerência, de respeito e de justiça o PS não pode continuar a ter, no continente, uma posição diferente da que tem nas regiões autónomas, quer na Madeira, onde é oposição, quer nos Açores onde é governo. Se o problema não ficar resolvido rapidamente e da mesma forma em todo o território nacional, pode o Governo de Lisboa contar que, mais cedo do que tarde, terá os professores na rua, em luta, de uma forma impressionante.


OE 2019

O Primeiro-Ministro entendeu tecer declarações pondo em causa o funcionamento da Democracia ao dizer que não haveria mais negociações , que deixaria que o "seu" decreto-lei prosseguisse o caminho normal, que já não negociaria mais com os sindicatos e que o que está... está! O Secretário-geral da FENPROF respondeu a António Costa, a pedido dos órgãos de comunicação social, esta manhã, e agora (através de uma pequena mensagem) deixa claro que os professores não abandonam, como nunca abandonaram, a luta.


Prémio Literário António Gedeão 2018
15 dez 2018 / 15:39

O Prémio Literário António Gedeão, instituído pela Federação Nacional dos Professores – FENPROF, e patrocinado pela SABSEG – Corretor de Seguros, destina-se a galardoar uma obra de poesia em português e de autor português, publicada integralmente e em 1ª edição no ano de 2017.

O Júri da edição de 2018 (a quinta edição do prémio de poesia António Gedeão), composto por Paulo Sucena (Presidente), Clara Crabbé Rocha e José Manuel Mendes, reuniu no dia 1 de outubro e decidiu, por unanimidade, distinguir o livro “Oblívio”, de Daniel Jonas (Assírio&Alvim, 2017).


PREVPAP no Ensino Superior e na Ciência
07 dez 2018 / 11:58

A FENPROF e o SINDEP decidiram propor aos requerentes do PREVPAP da área CTES (docentes convidados, investigadores e bolseiros doutorados) a assinatura de duas cartas abertas, visando a resolução dos graves constrangimentos que fazem com que apenas 9,3% destes requerentes estejam a ser aprovados para regularização dos seus vínculos precários. 

Esta Carta, destina-se a ser assinada por requerentes ligados a entidades privadas criadas por instituições públicas de ensino superior, para reclamar a sua admissão no PREVPAP. 

Esta outra Carta, destina-se a ser assinada por todos os requerentes, para reclamar  a adoção de critérios de avaliação adequados e o apoio financeiro indispensável à aplicação do PREVPAP.

 


INCLUSÃO
04 dez 2018 / 01:00

É preciso uma Educação Inclusiva de Qualidade para todos!


Conferência Especial CSEE - 28 de novembro de 2018
28 nov 2018 / 18:00

Na Conferência especial do Comité Sindical Europeu de Educação (CSEE), a região europeia da Internacional da Educação, que decorreu em Atenas a 27 e 28 de novembro, o movimento dos sindicatos de educação definiu uma série de iniciativas e novas estratégias para alavancar as capacidades e o papel dos sindicatos da Educação para moldar o futuro da Europa face aos crescentes desafios sociais e profissionais que se colocam atualmente.

Leia a intervenção de Manuela Mendonça, membro do Secretariado Nacional com o Contributo da FENPROF para a discussão em plenário sobre a Resolução “O Futuro da Europa: o papel dos sindicatos de Educação”


ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES APOSENTADOS
27 nov 2018 / 09:26

Mário Nogueira falou no final do Encontro Nacional de Professores Aposentados realizado pela FENPROF no excelente Auditório da Escola Secundária Camões.

Na sua intervenção aproveitou para dar a conhecer aos professores presentes os resultados dos contactos e das votações dos grupos parlamentares em torno da luta dos docentes em defesa das sua carreira.

Mário David Soares, ex-Presidente do Conselho Nacional da FENPROF e primeiro coordenador nacional do Departamento dos Professores Aposentados proferiu uma conferência sobre as "Cinco lições que podem ser tiradas da luta dos Professores Aposentados"

[Outros videos do Encontro podem ser consultados aqui]


MUNICIPALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO
21 nov 2018 / 15:06

O Conselho Nacional de Educação aprovou uma Recomendação sobre a transferência de competências para os municípios, que critica de forma adequada o processo em curso, chama a atenção para o efeito negativo de algumas medidas previstas na Lei 50/2018 e aponta para caminhos alternativos que o governo deveria seguir.

Recomendação Transferência de competências para as autarquias locais |  Conselho Nacional de Educação

Relatório Estado da Educação 2017


 
Actualidade
▶ 
Greve Nacional de Professores
▶ 
FENPROF reuniu com deputada Ana Gomes
▶ 
FENPROF reúne com deputado do Parlamento Europeu, Miguel Viegas
▶ 
Incumprimento da Diretiva 1999/70/CE
 
Ainda em Destaque


SECTORES


PARTICULAR, COOPERATIVO E IPSSS


EDUCAÇÃO ESPECIAL


DIRECÇÃO, AUTONOMIA E GESTÃO DAS ESCOLAS


ACÇÃO SINDICAL





   
INICIATIVAS



FRENTES E SECTORES




POLÍTICA EDUCATIVA


ACÇÃO SINDICAL



 

Esclarecimento – Interrupção letiva do Natal


Envia um mail ao Primeiro-Ministro!

Não há professores de segunda.

O tempo de serviço é para contar TODO A TODOS, seja na Madeira, nos Açores ou no Continente Português, sem discriminações.

Vamos enviar um mail ao Primeiro-Ministro!


AUTONOMIA E FLEXIBILIDADE CURRICULAR


Consultar Online | Download do PDF


Resolução aprovada no Encontro

Intervenção de Encerramento por Mário Nogueira


JF Outubro 2018 

Divulgação do Relatório do Estudo para descarregar (PDF)


Palácio das Convenções de Habana
4 a 8 de fevereiro


Parecer da FENPROF
(Emitido em fevereiro de 2018)

Participação na Consulta Pública
(Posição emitida pela FENPROF)


 


Clique em cima da imagem para assinar a Petição pela criação do Grupo de Recrutamento de Expressão Dramática e Teatro e pelo direito destes professores à Estabilidade de Emprego

Ou descarregue aqui para recolha de subscrições

Contratação, Deslocações em Serviço e Horários de Trabalho
1.º ciclo do ensino básico

 


Regalias aos Sócios
 
DIVULGAÇÃO
Casa da Música
Porto
Museu do Neo-Realismo
Vila Franca de Xira
 
Voltar ao Topo 

FENPROF, Federação Nacional dos Professores

Rua Fialho de Almeida nº 3 - 1070-128 Lisboa
Telefone: 213 819 190 | Fax: 213 819 198
fenprof@fenprof.pt

ENTIDADE FILIADA EM:

Internacional da Educação
CPLP-Sindical de Educação