CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
Política Educativa

Greve às avaliações - 21 de junho
21 jun 2018 / 12:02

O Secretariado Nacional da FENPROF reúne amanhã, na sua sede, em Lisboa. Será uma reunião extraordinária que visa avaliar a semana de greve que passou e que fica marcada por um elevadíssimo envolvimento dos professores na luta pela recuperação do seu tempo de serviço, mas também por uma aposentação justa, horários legais, estabilidade e concursos justos.

No final da reunião, a FENPROF tornará públicas as conclusões da mesma em Conferência de Imprensa que terá lugar às 17:30 horas na sua sede, em Lisboa.


Greve às avaliações - 18 de junho
18 jun 2018 / 19:03

Foram mais de 95 % as reuniões de conselho de turma que hoje, 18 de junho, não se realizaram. De Norte a Sul e na Região Autónoma dos Açores, a realização de reuniões foi rara exceção. Durante o dia de hoje, o Ministério da Educação fez saber às organizações sindicais que requereu a fixação de um “acordo quanto a serviços mínimos e aos meios para os assegurar”, caso a greve se prolongue para o mês de julho. Da parte das organizações sindicais não haverá qualquer acordo.

Face a mais esta provocação, a resposta dos professores terá de passar por uma ainda maior adesão à greve em curso.

Dados SPGL - 18 de junho - 20 horas | Dados SPN - 18 de junho - 20 horas 

Dados SPRC - 18 de junho - 20 horas | Dados SPZS - 18 de junho - 20 horas

 


AMANHÃ, INICIA-SE GREVE EM TODAS AS ESCOLAS, QUE SE PROLONGARÁ ENQUANTO FOR NECESSÁRIO
17 jun 2018 / 10:38

As inaceitáveis afirmações e insinuações do Senhor Primeiro-Ministro

O Senhor Primeiro-Ministro, ontem, em entrevista, fez declarações que são uma torpe tentativa de manipulação da opinião pública contra os professores. É inaceitável que a opção do governo seja pela via do equívoco, da omissão e até da mentira, sendo certo que isso apenas fará aumentar o nível de indignação dos docentes e a sua determinação na luta que amanhã se estenderá a todas as escolas do país.


Greve às avaliações
15 jun 2018 / 14:21

Na próxima segunda-feira, dia 18 de junho, os professores iniciam uma Greve às Avaliações que se prevê que tenha impacto na generalidade das escolas portuguesas. Esta greve, que se inicia a 18 de junho prolongar-se-á até ao final do mês e, hoje mesmo, foram entregues novos pré-avisos diários para que, caso seja necessário, a greve se prolongue em julho. Para já, os pré-avisos referem-se aos dias 2 a 13 de julho.


Debate de atualidade pedido pelo PCP com a presença do Ministro da Educação
15 jun 2018 / 12:18

Faltou seriedade política ao desempenho do ministro da Educação hoje na Assembleia da República, e também, em parte, ao deputado que interveio em representação do grupo parlamentar do PS.

Na sessão plenária de hoje, foram muitas as perguntas diretas colocadas ao ministro da Educação quanto à sua intenção de honrar o compromisso, de cumprir a lei e de respeitar a Assembleia da República. A nenhuma respondeu!

Face ao que hoje se passou e à falta de uma proposta do governo que se considere base aceitável para a negociação, a FENPROF apela aos professores para, a partir de dia 18, pararem todos os processos de avaliação interna que decorram em todas as escolas, fazendo greve às reuniões de conselho de turma.


Nota Informativa da DGEste sobre a greve às avaliações
15 jun 2018 / 11:59

A FENPROF entregou esta sexta-feira, dia 15 de junho, na Procuradoria-Geral da República uma queixa contra a Diretora Geral dos Estabelecimentos Escolares na sequência da nota informativa sobre a greve às avaliações, emitida pela DGEstE a 11 de junho.

Mário Nogueira explicou aos jornalistas os motivos que levaram a FENPROF a recorrer ao Ministério Público e quais as expectativas em relação às queixas agora apresentadas.


Conferência de Imprensa em frente ao ME
08 jun 2018 / 18:38

Em Conferência de Imprensa frente ao Ministério da Educação, o Secretariado Nacional da FENPROF promoveu um protesto simbólico onde fez um balanço da última semana de negociações, recordou os motivos da contestação e reafirmou a importância da luta dos professores. Uma luta que voltará a ser forte já a partir do próximo dia 18 de junho com a greve às avaliações.


Dia 19 de maio, sábado - Professores exigem
16 mai 2018 / 14:31

Se, em 2008, os Professores participaram na Marcha da Indignação, 10 anos depois chegou a vez de participarem na MARCHA PELO RESPEITO que é devido aos Professores, traduzido em soluções para os problemas.

Confira as razões que levam os professores a sair à rua: De Novo Na Rua - Todos e Todas À Manifestação de 19 de maio!


Concurso Professores
15 mai 2018 / 18:40

Na sequência da polémica e do justíssimo protesto de centenas de candidatos, o Ministério da Educação informou os órgãos de comunicação social que “não há qualquer alteração em relação aos últimos anos”, porque, acrescenta, “Tal como nos anos anteriores, e como previsto na Lei, os contratados para Atividades de Enriquecimento Curricular (AECs) como docentes entram na 2.ª prioridade, os contratados nas AECs como técnicos entram na 3.ª prioridade”. Ora, não é verdade que nos anos anteriores tenha sido assim!

A FENPROF apela à presença dos colegas das AEC na Manifestação do próximo dia 19. Uma participação muito importante, para que também fique muito claro o seu protesto e a sua exigência de respeito pelo seu trabalho.


ME continua a não dar resposta aos problemas dos professores
04 mai 2018 / 19:41

O Secretariado Nacional da FENPROF deu uma Conferência de Imprensa no final da sua reunião dos dias 3 e 4 de maio de 2018. Mário Nogueira, Secretário-Geral, fez uma apreciação e um comentário ao anúncio do ME sobre o parecer final da Procuradoria-Geral da República relativo à contagem do tempo de serviço antes da profissionalização para efeitos de reposicionamento, bem como ao anúncio de uma "redução" do número de alunos por turma no próximo ano letivo e à reunião de dia 3 de maio com o ME sobre horários de trabalho e aposentação.

Conclusão: dia 19, os professores têm que estar na rua!

Se, mesmo assim, nada mudar, a luta continuará ainda durante este ano letivo.


Progressão ao 5.º e 7.º Escalões e Concurso Externo Extraordinário
27 abr 2018 / 15:16

FENPROF formalizou propostas de substituição das listas para progressão aos 5.º e 7.º escalões e de anulação, negociação e relançamento do concurso externo extraordinário.


Em direto com o Secretário-geral da FENPROF
26 abr 2018 / 16:28

Com os problemas a rebentar (concursos, progressões na carreira, recuperação do tempo de serviço, horários de trabalho, envelhecimento…), o ministro sem dar a cara, “desaparecido” há mais de meio ano e a luta a ganhar maior intensidade, o Jornal da FENPROF (JF) entrevistou o Secretário-Geral da FENPROF que foi claro: A resolução dos problemas dependerá da luta! A luta é insubstituível quando se trata de fazer valer os nossos direitosE a próxima luta será a grande Manifestação Nacional de Professores que se realizará em 19 de maio. Ninguém está dispensado de participar.

Foto: José Coelho, Lusa


Progressão aos 5.º e 7.º escalões
20 abr 2018 / 17:10

A FENPROF reiterou esta sexta-feira, dia 20 de abril, junto da Secretária de Estado Adjunta e da Educação e da Diretora da Direção Geral da Administração Escolar, a necessidade de o Ministério da Educação proceder à anulação e substituição das listas de candidatos às vagas para progressão aos 5.º e 7.º escalões, divulgadas na 6.ª feira, dia 13 de abril.

Leia aqui o ofício enviado à SEAE.


Esclarecimento - Recuperação do tempo de serviço perdido pelos professores durante o período de congelamento das carreiras
20 abr 2018 / 16:24

À FENPROF e aos seus Sindicatos têm chegado alguns pedidos de informação sobre a adequação e eficácia de, através de iniciativas legislativas, qualquer que seja a sua natureza, serem apresentados projetos de lei, visando a recuperação do tempo de serviço congelado nos períodos 2005-2007 e 2011-2017.

A FENPROF considera que o que falta não é enquadramento legal, mas que o governo cumpra a lei, respeitando a Lei do Orçamento do Estado, acolha a Recomendação da Assembleia da República e honre o compromisso assumido. Se não o fizer, o que dos professores se espera é que prossigam a luta, desde logo participando massivamente na Manifestação Nacional do próximo dia 19 de maio.

Consulte o texto de esclarecimento 


Amanhã, 19 de abril, pelas 12 horas
18 abr 2018 / 14:41

Amanhã, a FENPROF procurará, pela enésima vez, lembrar os responsáveis ministeriais da urgência de se iniciar a negociação com vista à regularização dos horários de trabalho dos professores numa ação de rua que amanhã, a partir das 12 horas, terá lugar junto às novas instalações da equipa do Ministério da Educação que tem, agora, por senhorio, a empresa Parque Escolar, na Avenida Infante Santo. 


Progressão ao 5º e 7º escalões
17 abr 2018 / 17:09

Considerando que as listas divulgadas não servem o propósito que as justifica, a FENPROF requereu, hoje mesmo, junto do Ministério da Educação que as mesmas fossem rapidamente anuladas e substituídas.


Assembleia da República
17 abr 2018 / 17:06

Depois de ter reunido com PSD, BE e CDS-PP, a ronda de reuniões da FENPROF com os grupos parlamentares prossegue amanhã, 18 de abril, com PS (11:30), PEV (14:30) e PCP (17:00).

Com estas reuniões, a FENPROF espera criar condições para resolver problemas para os quais, em 18 de novembro de 2017, o governo se comprometeu a encontrar soluções. Contudo, de então para cá, pouco mais tem feito que adiar a concretização dos seus compromissos.


HORÁRIOS DE TRABALHO DOS PROFESSORES
16 abr 2018 / 16:09

A FENPROF vai entregar as propostas sobre horários de trabalho no âmbito de uma ação de rua, frente ao Ministério da Educação (Avenida Infante Santo, em Lisboa), que ocorrerá na próxima quinta-feira, dia 19, pelas 12 horas. Tal ação destina-se a lembrar os responsáveis do Ministério da Educação que está na hora de corrigir os horários de trabalho a que os professores portugueses estão sujeitos. Horários que obrigam os professores a trabalhar, semanalmente, mais 11 horas do que a lei estabelece.


Recuperação do tempo de serviço
09 abr 2018 / 17:50

As organizações sindicais de docentes convocaram uma Manifestação Nacional de Professores e Educadores para o dia 19 de maio, em Lisboa.

Dada a intransigência do governo e a insistência em apagar mais de 70% do tempo de serviço cumprido pelos professores durante o período de congelamento das carreiras da Administração Pública, bem como em apresentar propostas relativas aos horários de trabalho, à aposentação e a um efetivo combate à precariedade, não resta outra alternativa aos professores e educadores senão a de endurecer a luta.

Porque o tempo de serviço não se negoceia, conta-se!

Assista aqui à Conferência de Imprensa completa.


REPOSICIONAMENTO NA CARREIRA DOCENTE
06 abr 2018 / 17:47

O Ministério da Educação enviou hoje às organizações sindicais a versão final do texto da portaria relativa à regulação do artigo 36º do ECD, ou seja, ao reposicionamento «dos educadores de infância e dos professores dos ensinos básico e secundário do pessoal docente com tempo de serviço prestado antes do ingresso na referida carreira».

Recorde a evolução do processo negocial:


Recuperação do tempo de serviço
06 abr 2018 / 14:55

A proposta apresentada pelo Ministério da Educação de eliminação de mais de 70% do tempo de serviço cumprido pelos docentes durante os períodos de congelamento é completamente inaceitável. Por esse motivo, a FENPROF enviou hoje ao ME uma contraproposta sobre recuperação do tempo de serviço.

 


Recuperação do tempo de serviço
05 abr 2018 / 16:36

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA | 9 de abril, 17 horas, em Lisboa

Com o governo a assumir a ilegalidade de não recuperar os 9 anos, 4 meses e 2 dias para efeitos de carreira, sem qualquer proposta concreta sobre horários de trabalho mais adequados à função docente ou sobre aposentação e sem qualquer data para negociar o contingente e as normas a que obedecerá a vinculação extraordinária a realizar em 2018, aos professores não resta outro caminho que não seja o da luta.


26 mar 2018 / 17:38

Recuperação do tempo de serviço (9 anos, 4 meses e 2 dias), envelhecimento, horários de trabalho ou precariedade são problemas que afetam negativamente as condições de trabalho dos professores e estão a provocar um tremendo (e reconhecido) desgaste no corpo docente das escolas. Face à incapacidade ou falta de vontade política do governo para dar resposta a estes problemas, a FENPROF decidiu dirigir-se aos grupos parlamentares, solicitando reuniões com caráter de urgência.

27 de março (terça-feira): PSD, pelas 18 horas;

28 de março (quarta-feira): BE, pelas 18 horas;

4 de abril (quarta-feira)CDS/PP, pelas 16:30 horas;

4 de abril (quarta-feira): PCP, pelas 18 horas.


SAUDAÇÃO AOS PROFESSORES
21 mar 2018 / 12:09

Os professores e educadores fizeram mais uma importante e forte luta, bem visível na expressão que deram à Greve Nacional, por regiões, que se realizou nos dias 13, 14, 15 e 16 de março.

Saudando todos os professores e educadores, a FENPROF saúda, em particular os que, participando na Greve realizada entre 13 e 16 de março deram mais força à razão dos Professores e, com a sua persistência, esforço e determinação, deram passos importantes para ganharmos mais uma batalha pela dignificação da profissão docente e pelo respeito que é devido a todos/as os/as docentes.


GREVE NA REGIÃO CENTRO
15 mar 2018 / 16:56

Mário Nogueira fez, em Viseu, o balanço do dia de greve na Região Centro

 Pelos dados até agora disponíveis, confirma-se, neste terceiro dia, a tendência de subida nos níveis de adesão à greve nacional de professores. Hoje, na região Centro, a adesão ultrapassa os 70%.

Espera-se que esta tendência de subida se mantenha amanhã, graças à participação e mobilização dos professores da Região Norte e dos Açores. O Secretário-Geral da FENPROF vai acompanhar o início deste último dia de greve às 11 horas na Escola Secundária D. Maria II, em Braga.


Mário Nogueira desmente Ministro da Educação
15 mar 2018 / 11:38

O Secretário-Geral da FENPROF refuta os argumentos do Ministério da Educação de que a verba para pagar as progressões dos professores não pode prever a contagem integral do tempo de serviço congelado, sob pena de não permitir o descongelamento das carreiras dos outros funcionários públicos. É falso. A FENPROF já provou – e o Governo admitiu, mas não corrigiu – que o custo do descongelamento nestes 3 anos será inferior ao que o Governo aponta só para 2018.


ARTIGOS RELACIONADOS:


Balanço Global da Greve
Adesão global à greve próxima dos 75%

Mensagens e Imagens
A Greve dia-a-dia


▶ 
Greve Nacional de Professores
▶ 
GREVE NACIONAL DOS PROFESSORES
▶ 
Greve Nacional de Professores e Educadores
▶ 
GREVE NACIONAL DE PROFESSORES E EDUCADORES
▶ 
BALANÇO
▶ 
Reunião de hoje no ME!
▶ 
Greve Nacional dos Professores
▶ 
O tempo de serviço não se negoceia, conta-se!
▶ 
Greve Nacional de Professores
▶ 
Recuperação do tempo de serviço cumprido pelos professores
▶ 
Docentes de Teatro e Expressão Dramática
▶ 
Docentes do Nível 2 de Qualificação
▶ 
Greve de Professores e Educadores
▶ 
Recuperação do tempo de serviço cumprido pelos professores
▶ 
RECUPERAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO
▶ 
Compromissos são para cumprir!
▶ 
RECUPERAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO
▶ 
Reunião no ME - Recuperação do tempo de serviço
▶ 
REPOSICIONAMENTO NA CARREIRA
▶ 
Professores em luta
▶ 
CONFERÊNCIA DE IMPRENSA SOBRE A SITUAÇÃO NO ENSINO PROFISSIONAL
▶ 
Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória
▶ 
Reposicionamento na carreira docente
▶ 
REPOSICIONAMENTO: PROFESSORES DO 1.º ESCALÃO
▶ 
Negociação
▶ 
▶ 
Concursos, Progressão aos 5º e 7º escalões e Grupo de Recrutamento de LGP
▶ 
Recomposição da carreira docente
▶ 
Pela Valorização da Profissão!
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
Negociação FENPROF/ME
▶ 
CONFERÊNCIA DE IMPRENSA, 3/11, 11 HORAS
▶ 
Greve 27 de outubro
▶ 
GREVE 27 OUTUBRO
▶ 
Entrevista ao Secretário-Geral da FENPROF
▶ 
Secretariado Nacional
▶ 
DECLARAÇÃO DA FENPROF
▶ 
Orçamento do Estado 2018
▶ 
Última Hora
▶ 
NEGOCIAÇÃO
▶ 
INFORMAÇÃO AOS PROFESSORES
▶ 
▶ 
Greve 21 de junho - Declaração aos jornalistas
▶ 
Greve Nacional de Professores - 21 de Junho
▶ 
DIÁLOGO SOCIAL
▶ 
EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR
▶ 
PROGRAMA ELEITORAL DA COLIGAÇÃO PSD-CDS
▶ 
Mais 656 turmas com contrato de associação
▶ 
A PROPÓSITO DOS EXAMES DO SECUNDÁRIO
▶ 
▶ 
Neste século XXI, assistiu-se a um dos mais atribulados e negativos arranques de um ano letivo
▶ 
▶ 
FENPROF reclama uma rutura com este governo e com as suas políticas para a Educação
▶ 
Introdução e Recomendações em destaque
▶ 
Escolaridade obrigatória
▶ 
▶ 
Conferência de Imprensa da FENPROF (13/09/2010)
▶ 
CONFERÊNCIA DE IMPRENSA da FENPROF, segunda-feira, dia 13 de setembro, em Lisboa
▶ 
Nota à Comunicação Social, 19/08/2010
▶ 
hoje, DIA 19 (2ª feira), 1ª ACÇÃO DECORREu JUNTO AO M.E. E DREN, DREC, DREA e DREAlg
Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo