FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
 Bem-vindo ao Site dos Professores Aposentados
newsletter 
RSS
27 jun 2014 / 10:31

Milhares de pessoas exigem a demissão do Governo, a realização de eleições e novos rumos para o país

A manifestação promovida no passado dia 21/06, pela CGTP-IN, com o lema “Acabar com esta política de direita – Governo Rua! - Por uma política alternativa, de Esquerda e Soberana”, reuniu milhares de trabalhadores, reformados, desempregados e jovens, na baixa de Lisboa. Educadores, professores e investigadores, membros do SPGL e SPZS, marcaram viva presença nesta ação. Também presente o Departamento de Docentes Aposentados, da FENPROF.

Ver FOTOS

"Sem contratação, não há democracia" e "Existem soluções, queremos eleições" foram as principais palavras de ordem gritadas pelos manifestantes, para reafirmar a exigência de demissão do Governo de Passos Coelho e a realização de eleições legislativas antecipadas.

A manifestação iniciou-se com duas concentrações, ao início da tarde, uma no Campo das Cebolas - dos distritos de Lisboa, Santarém, Leiria e Castelo Branco - e outra no Cais do Sodré - dos distritos de Setúbal, Évora, Beja e Faro. 

Depois de desfilarem por duas ruas diferentes da baixa lisboeta os manifestantes convergiram para o Rossio, onde o Secretário Geral da CGTP fez a intervenção político-sindical.

Arménio Carlos anunciou a realização de uma manifestação no próximo dia 10 de julho (ação aprovada no âmbito de uma resolução reivindicativa aprovada pelos milhares de trabalhadores presentes) que incluirá duas concentrações - uma no Marquês de Pombal e outra no Cais do Sodré.

"É tempo de implementar uma política que coloque os interesses dos trabalhadores e do povo à frente da tirania dos mercados, e a coesão social e o desenvolvimento do país à frente dos ditames das PPP’s, dos juros da dívida e dos swaps a favor do capital", sublinhou o dirigente da Inter, na concentração final, no Rossio.

Os presentes nesta grandiosa Manifestação exortam a uma grande participação do Movimento Sindicalno Plenário de Sindicatos, a realizar no dia 25 deste mês, e a prosseguirem uma forte mobilizaçãoe envolvimento dos trabalhadores para a aprovação e recolha de pareceres sobre as propostas de lei doGoverno que visam destruir a contratação colectiva e prolongar o período para a redução do pagamentodo trabalho extraordinário.Apelam, também, à convergê

"Os presentes nesta manifestação exortam a uma grande participação do movimento sindical no Plenário de Sindicatos, a realizar no dia 25 deste mês, e a prosseguirem uma forte mobilização e envolvimento dos trabalhadores para a aprovação e recolha de pareceres sobre as propostas de lei do Governo que visam destruir a contratação colectiva e prolongar o período para a redução do pagamento do trabalho extraordinário", destaca a resolução aprovada./  Peça em atualização

Ver RESOLUÇÃO
Ver Intervenção do Secretário-geral

 Vídeo


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo