FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
 Bem-vindo ao Site dos Professores Aposentados
RSS
23 jun 2021 / 10:01

“Os ganhos médios dos trabalhadores da Administração Pública são, para os mesmos níveis de escolaridade/qualificação, inferiores aos dos trabalhadores do setor privado”

Neste estudo, o Dr. Eugénio Rosa compara os ganhos médios dos trabalhadores do setor privado, dos quadros de pessoal enviados pelas empresas ao Ministério do Trabalho, com os ganhos médios dos trabalhadores da Administração Pública (Central, Local e Regional), divulgados pela Direção Geral do Emprego Público e da Administração Pública (DGAEP). Conclui que os ganhos dos trabalhadores da Administração Pública já são inferiores aos do setor privado para idêntico nível de escolaridade/qualificação.

Este facto associado ao congelamento da Tabela Remuneratória Única da Função Pública, a um sistema de avaliação injusto que determina que a esmagadora maioria dos trabalhadores, para subir de nível, só o consiga ao fim de 10 anos, a que se junta ainda os obstáculos crescentes criados pelo Ministério da Finanças à contratação de novos trabalhadores com as competências necessárias para responder às necessidades de serviços públicos de qualidade que os portugueses necessitam e aos desafios que o país enfrenta, está  a destruir a Administração Pública, deixando o Estado cada vez mais incapaz de fazer frente aos grandes grupos económicos e financeiros. Como consequência da falta de trabalhadores com as competências necessárias, a solução tem sido o recurso crescente à contratação de empresas privadas para realizar serviços que deviam feitos por trabalhadores da Administração Pública, constituindo isso uma fonte importante de lucros para estas, e um instrumento de privatização dos serviços públicos.

 

https://www.eugeniorosa.com/shared/docs/2021/05/21-2021-remuneracoes-privado-publico.pdf?ts=1624214993

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo