FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
 Bem-vindo ao Site dos Professores Aposentados
RSS
16 jul 2021 / 10:28

“O subfinanciamento do SNS em 2021, e as dificuldade crescentes do SNS para responder à pandemia e às doenças não-Covid por falta de recursos o que contribui para agravar a crise de saúde pública e a crise económica e social”

Neste estudo o Dr. Eugénio Rosa analisa o orçamento do SNS de 2021 aprovado pelo governo e mostra que o subfinanciamento crónico continua, só nos 5 primeiros meses de 2021, com um défice de 377 milhões de euros, que é 4,2 vezes superior ao défice previsto no orçamento do SNS aprovado pelo governo para todo o ano de 2021.

Como consequência, o SNS para funcionar, mesmo com as dificuldades que enfrenta, tem-se endividado enormemente a fornecedores privados atingindo a dívida, em maio de 2021, o enorme valor de 1.907 milhões de euros. Considera que desta forma não se dota o SNS dos recursos que necessita para enfrentar a grave crise de saúde publica que atinge o país, pois a pandemia continua a alastrar-se e debilita-se o SNS, o que promove o negócio privado de saúde em Portugal, já dominado por 5 grandes, sendo dois controlados por grupos estrangeiros (LUZ e LUSÍADAS).

Saiba mais aqui

 


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo