CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
15 set 2015 / 09:23

Dar força aos professores, por uma sociedade mais justa e sustentável

No dia 5 de Outubro, comemora-se o Dia Mundial dos Professores. Desde 1994 que a UNESCO e a Internacional de Educação (IE) – organização sindical que a FENPROF integra desde a sua fundação e que representa mais de 30 milhões de profissionais de educação em todo o Mundo – chamam a atenção para a importância social da profissão docente e para a necessidade da sua dignificação, como condição essencial para a valorização da escola e da educação.

Este ano, a lema escolhido é “Dar força aos professores, Por uma sociedade mais justa e sustentável”. Numa carta enviada às organizações da Internacional de Educação, Fred van Leeuwen, Secretário-geral da IE lembra que, em setembro de 2015, os estados membros da ONU vão adotar uma nova agenda de desenvolvimento e que, na sequência do trabalho desenvolvido pela IE e pelas organizações que a constituem nos últimos 2 anos e meio, a educação de qualidade, inclusiva e equitativa, e a aprendizagem ao longo da vida estão incluídas na lista dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável para os próximos 15 anos. “Com este Dia Mundial dos Professores, queremos celebrar os docentes de todo o mundo e relevar o quanto é importante que os educadores tenham a força necessária para poderem assegurar uma educação de qualidade e contribuir para o desenvolvimento sustentável”.

Chamando a atenção para a necessidade de assegurar aos professores condições de trabalho condignas, ambientes de trabalho seguros, saudáveis e dotados de recursos adequados, confiança, autonomia profissional, liberdade académica, qualidade da formação inicial e do desenvolvimento profissional contínuo, o Secretário-geral da IE conclui que “É tempo de os educadores de todo o mundo se unirem em defesa da sua profissão e exigirem aos governos que tomem medidas concretas para reforçar o seu estatuto (…). É também uma oportunidade para exigir dos governos o cumprimento das novas metas para a educação, investindo nos professores.”

Esta é uma mensagem que importa relevar, particularmente no caso dos professores portugueses, face às políticas de austeridade, ideologicamente orientadas, que têm vindo a ser implementadas nos últimos anos. Políticas que, para além de porem em causa a qualidade educativa e a igualdade de oportunidades, têm vindo a agravar as condições de exercício da profissão docente e a provocar a instabilidade profissional e de emprego de milhares de docentes e investigadores.

Este ano a FENPROF assinala, nas escolas com os professores e educadores, o Dia Mundial dos Professores, num ano em que a sua comemoração, coincidindo com o arranque do ano letivo, decorre, precisamente, em cima do ato eleitoral que escolherá a composição do novo parlamento português. Para o efeito, decidiu distribuir um postal com o cartaz da Internacional da Educação que, no verso, contém as 12 medidas de resolução imediata a apresentar aos grupos parlamentares e ao novo governo saídos das eleições de 4 de Outubro e que podem ser consultadas em www.fenprof.pt ou em qualquer página de cada um dos sindicatos membros da Federação. | O Secretariado Nacional da FENPROF


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo