CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
26 abr 2021 / 10:42

Em defesa da valorização da profissão docente

A Ação Nacional de Luta realizada em 24 de abril junto ao CCB, reafirmou valores de Abril essenciais: liberdade (de intervir em defesa da consagração dos direitos) e democracia (pela participação do movimento sindical na promoção de melhores condições de vida e de trabalho). É, pois, a estagnação negocial perpetrada pelo ministério da educação que põe em causa estes dois valores e impede a resolução de problemas.

Neste dia em que professores de todo o país voltaram à rua e reafirmaram a sua disponibilidade para que a luta prossiga até que o governo aceite a realização de processos efetivamente negociais, foi importante o testemunho levado a todos os portugueses pelos órgãos de comunicação social que, desta forma, deram evidência à necessidade de continuar a agir.

Manifestação de professores em Lisboa - RTP1 – Telejornal

Centenas de professores manifestaram-se hoje em Lisboa. Reivindicaram melhores condições profissionais, vacinas e mais distanciamento nas escolas.

Professores acusam Governo de não resolver problemas da classe – SIC – Jornal da Noite – 20h

Centenas de professores manifestaram-se durante a tarde em Lisboa. Acusam o Governo de embirrar com os docentes e de não ter vontade de resolver os problemas que há muito afetam a classe.

Docentes exigem fim da precariedade no ensino – TVI – Jornal das 8 – 20h

Uma manifestação em Lisboa juntou cerca de 500 professores. Horários de trabalho alargados, precariedade e problemas na carreira, foram as principais reivindicações.

Fenprof acusa Governo de embirrar com o setor - CM TV - CM Jornal - 20h

O secretário-geral da Fenprof acusa o Governo de embirrar com o setor e de não resolver os problemas. As críticas foram feitas durante uma manifestação de professores que se realizou hoje em Lisboa.


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo