CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
05 jun 2020 / 12:12

FENPROF divulga na próxima segunda-feira os resultados do questionário sobre ensino a distância (E@D)

O encerramento de escolas e a implementação do designado ensino a distância (E@D) tornou ainda mais visíveis muitos problemas, tanto sociais, como das escolas. Entre eles, as profundas desigualdades que existem na sociedade portuguesa e se refletem nas escolas ou a incapacidade do seu parque tecnológico (envelhecido e anquilosado) para responder às exigências que se lhe colocam.

Porém, indiscutíveis razões de segurança sanitária impuseram o encerramento e, de um dia para o outro, a escola transferiu-se para casa de professores e alunos. Perante esta situação, a FENPROF pretendeu saber junto dos docentes como estão eles a viver o E@D e lançou um questionário, no qual se incluíram espaços para respostas abertas. O questionário circulou, exclusivamente, online, ao longo da primeira quinzena de maio, ou seja, entre mês e meio e dois meses depois de professores e educadores terem entrado em teletrabalho.

Desigualdades” e “cansaço extremo” são expressões que se repetem, com os professores a fundamentarem as posições que assumem e a deixarem uma frase que, de forma quase "lapidar”, sintetiza a opinião da esmagadora maioria: “A escola não é isto, nem nada que se pareça”.

Na próxima segunda-feira, dia 8 de junho, pelas 10:30 horas, a FENPROF vai divulgar publicamente, junto da comunicação social, os resultados do questionário promovido. Será também a oportunidade para comentar o investimento de 400 milhões anunciado pelo Primeiro-Ministro, sem que, contudo, se percebesse exatamente em quê: se no parque tecnológico das escolas, permitindo uma maior utilização das TIC em contexto escolar; se nesse mesmo parque tecnológico, mas para manter, quiçá, eternizar, o chamado E@D. Uma coisa é certa, até hoje, praticamente todo o investimento feito para que o ensino a distância tivesse sido a alternativa possível coube aos professores e às famílias dos alunos.

Para falar sobre toda esta problemática e, principalmente, apresentar os resultados do questionário que promoveu sobre E@D, a FENPROF promove uma

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Segunda-feira, 8 de junho – 10:30 horas

Lisboa, Sede da FENPROF (Rua Fialho de Almeida, n.º 3)

 

 

O Secretariado Nacional

 


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo