CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
26 mai 2017 / 11:46

FENPROF responde ao silêncio do ME

O Secretário-Geral, Mário Nogueira, fez uma declaração à Comunicação Social, onde apelou ao Ministério da Educação e ao Governo a antecipação da reunião prevista para 6 de junho para data anterior ao dia 1. «Essa antecipação seria um sinal positivo de abertura à negociação, dado pelo Ministério da Educação», refere a Declaração da FENPROF.

DECLARAÇÃO

SEM RESPOSTAS DO ME, FENPROF DECIDE LUTA

A FENPROF havia solicitado ao Ministro da Educação que até hoje, dia 26 de maio, procedesse ao agendamento de uma reunião com vista à negociação e obtenção de respostas concretas e inequívocas, há muito aguardadas pelos professores, sobre um conjunto de aspetos relacionados com carreiras, aposentação, horários de trabalho, combate à precariedade e gestão das escolas.

Na carta entregue ao Ministro da Educação no passado dia 5, a FENPROF sublinhava a importância de essa reunião se realizar até 26 de maio, tendo em conta a necessidade de que nela fosse assumido um compromisso com os professores que considerasse as questões colocadas.

No entanto, até esta data, o Senhor Ministro da Educação limitou-se a agendar uma reunião para dia 6 de junho, argumentando “indisponibilidade de agenda” para reunir antes.

Assim, e tal como previsto e anunciado a 5 de maio, os Sindicatos dos Professores que integram a FENPROF vão reunir os seus órgãos nos dias 29 e 30 de maio para analisar a atual situação, que continua a ser de vazio de respostas, e a forma de prosseguirem a luta.

As posições aprovadas nessas reuniões serão transmitidas ao Secretariado Nacional da FENPROF, que reúne nos dias 31 de maio e 1 de junho. Nesta reunião serão decididas as formas de luta a desenvolver ainda este ano letivo, designadamente no próximo mês de junho, caso o Ministro da Educação não assuma o compromisso que lhe é proposto.

Os resultados da reunião do Secretariado Nacional da FENPROF serão comunicados aos Senhores/as Jornalistas em Conferência de Imprensa a realizar no dia 1 de junho pelas 17 horas, na sede da FENPROF.

Num sinal de abertura que confirma que, para a FENPROF, a prioridade é dada à negociação, apela-se ao Ministério da Educação e ao Governo a antecipação da reunião prevista para 6 de junho para data anterior ao dia 1. Essa antecipação seria um sinal positivo de abertura à negociação, dado pelo Ministério da Educação.

Coimbra, 26 de maio de 2017
O Secretariado Nacional


Imprimir Abrir como PDF

Contém 1 ficheiro em anexo:

 Pedido_Reuniao_ME_26_05_17.pdf

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo