CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
25 jun 2010 / 10:02

Agrupamento Vertical de Escolas D. Manuel I e Escola Secundária com 3º Ciclo Dr. Jorge Correia - Tavira

TOMADA DE POSIÇÃO

  1. O processo da fusão de agrupamentos tem revelado a mais completa falta de respeito pela comunidade educativa.
  2. O desrespeito do ME/DREALG ficou novamente evidenciado com a informação de que, afinal, e por agora, não haverá fusão do agrupamento Vertical de Escolas D. Manuel I com a Escola Secundária com 3.º ciclo Dr. Jorge Correia de Tavira.
  3. Esta forma de actuar do ME/DREALG cria instabilidade nas escolas, desmotivação nos órgãos de direcção, perplexidade e indignação na comunidade escolar. Não é possível a concretização séria de qualquer projecto, com esta instabilidade permanente.
  4. Somos da opinião que para a constituição dos mega-agrupamentos presidem fundamentalmente medidas de carácter económico, consubstanciadas na redução de cargos de direcção, de docentes, de não docentes, bem como na obrigação dos docentes prestarem serviço em qualquer escola do Agrupamento, no aumento do número de elementos dos Departamentos, tornando o seu funcionamento mais burocrático e desvalorizando a sua natureza pedagógica.
  5. Para nós constitui suprema hipocrisia tentar justificar estas opções com uma suposta melhoria da qualidade do ensino, de que os alunos seriam os maiores beneficiários. Na realidade, esta fusão, agora suspensa (mas que certamente irá para à frente na primeira oportunidade), traduzir-se-á numa deterioração da qualidade da escola pública, através da desvalorização das questões pedagógicas, dificultando a promoção e a qualidade das aprendizagens.

Assim, o pessoal docente, não docente e representantes dos encarregados de educação do Agrupamento Vertical de Escolas D. Manuel – I de Tavira e da Escola Secundária com 3.º Ciclo Dr. Jorge Correia, manifestam o seu profundo desacordo e o veemente protesto pela forma como o ME/DREALG tem conduzido este processo exigindo respeito pelos órgãos eleitos e pelas comunidades educativas.

Tavira, 23 de Junho de 2010

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo