CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
06 out 2020 / 10:31

FENPROF comemorou Dia Mundial do Professor no Porto

Num quadro de pandemia global, a educação tem sido um dos setores mais afetados. O encerramento sem precedentes das escolas que ocorreu em todo o mundo forçou os educadores, professores e investigadores a uma transição para um ensino dito a distância mas que, na verdade, mais não foi do que um ensino de emergência. E perante uma situação extremamente difícil, os docentes têm demonstrado ser absolutamente excecionais e têm feito de tudo pelos alunos.

É neste cenário que os docentes de todo o mundo celebram o Dia Mundial de Professor – 5 de Outubro. Uma data que se comemora desde 1994, aquando da fundação da Internacional da Educação (IE) e que homenageia a Recomendação da UNESCO / OIT sobre o Estatuto dos Professores aprovada no dia 5 de outubro de 1966, por representantes de 75 países, numa conferência intergovernamental especial convocada pela UNESCO e realizada em Paris.

Um marco histórico para a profissão docente, esta recomendação estabelece parâmetros de referência em relação aos direitos e responsabilidades dos professores, assim como em relação à sua formação inicial e contínua, recrutamento, emprego e condições de ensino e de aprendizagem. Contém, ainda, numerosas recomendações para a participação dos professores nas decisões educativas através do diálogo social e da negociação com as autoridades educativas. De forma complementar, o Dia Mundial do Professor comemora, igualmente, a adoção, em 1997, da Recomendação da UNESCO relativa ao Estatuto do Pessoal Docente do Ensino Superior, abrangendo também os investigadores.

Este ano, devido à instabilidade climatérica, a FENPROF comemorou a data no Auditório do Seminário de Vilar, no Porto. Foi mais uma oportunidade para os professores afirmarem os seus problemas e preocupações como a exigência do respeito pelo seu Estatuto da Carreira Docente, exigindo que as carreiras dos docentes deixem de ser progressivamente destruídas. Mas há outras medidas a tomar, como as que garantem o urgente rejuvenescimento da profissão docente, as que pugnam por melhores condições de trabalho nas escolas, as que reclamem estabilidade de emprego e profissional, entre muitas outras.

Medidas que a pandemia não pode desculpar e que a luta dos professores não permitirá que sejam esquecidas, na certeza de que respeitar os professores é valorizar a educação e o futuro!


Intervenção de Manuela Mendonça, presidente do Conselho Nacional da FENPROF e membro da Comissão Executiva da IE

[Texto da intervenção em PDF]


Vídeo comemorativo do Dia Mundial do Professor 2020, produzido pela Internacional da Educação 

 


Intervenção da Secretária- Geral da CGTP-IN, Isabel Camarinha


Intervenção do Secretário-Geral da FENPROF, Mário Nogueira

[Texto da intervenção em PDF]

 


Vídeo com a transmissão completa das comemorações

 


Voltar ao Topo