CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
18 nov 2013 / 18:26

Iniciativa em Lisboa

FENPROF E CNOD JUNTAS EM DEFESA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

LISBOA, ESTA TERÇA-FEIRA, DIA 19

A INCLUSÃO EM TEMPO DE ATAQUE À ESCOLA PÚBLICA

O ano letivo iniciou-se com as escolas públicas a verem-se privadas de muitos recursos que são fundamentais para responderem de forma adequada a todos os alunos que as frequentam.

Apesar de o Estado Português ser um dos subscritores da Declaração de Salamanca sobre a Escola Inclusiva, os governos, sobretudo após 2008, têm desenvolvido políticas e tomado medidas que contrariam o compromisso assumido no plano internacional.

Este ano, as denúncias sobre a forte redução de docentes especializados, bem como de técnicos diversos, designadamente terapeutas, psicólogos e assistentes operacionais têm-se sucedido e, em muitas localidades, os protestos das comunidades educativas sucedem-se, o último dos quais aconteceu na Lousã no passado sábado.

Foi perante este quadro tão negativo, que começa a apagar a matriz inclusiva, logo, democrática da Escola Pública, que a CNOD e a FENPROF decidiram avançar com o Projeto “A importância da escola na inclusão de crianças e jovens com deficiência”. Este projeto é ilustrado com uma exposição que diversas escolas, de diferentes regiões, aceitaram exibir nos seus espaços nobres e por debates que já se realizaram em Évora, Castelo Branco, Santa Maria da Feira e Funchal.

Esta terça, dia 19 de novembro será a vez de Lisboa. Pelas 17.00 horas, na Escola Secundária D. Dinis, em Chelas, será apresentada a exposição pelo Secretário Geral da FENPROF, Mário Nogueira, e pelo Presidente da CNOD, José Reis. Seguir-se-á, no auditório da escola, o debate sobre o tema que desta vez contará com o Professor David Rodrigues (presidente da Associação Pró-Inclusão), José Patrício (Presidente da Associação de Paralisia Cerebral de Almada / Seixal), Joaquim Colôa (Docente especializado de Educação Especial) e Elsa Castanho (encarregada de educação).

Dada a importância e a atualidade do tema neste momento em que, dois meses depois do início do ano letivo, ainda há crianças sem os apoios indispensáveis para que frequentem a escola em condições iguais às dos seus colegas, convidamos os/as Senhores/as Jornalistas a acompanharem esta iniciativa dela fazendo eco.

Lisboa, 18 de novembro de 2013
O Secretariado Nacional da FENPROF
A Direção da CNOD

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo