CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
16 out 2018 / 16:53

FENPROF denuncia situação de grande confusão nas escolas

O Departamento de Educação Especial da FENPROF denunciou, esta terça-feira em Conferência de Imprensa, a situação de grande confusão e algum desnorte que se vive nas escolas do país no que respeita à implementação do novo regime dito de inclusão escolar.

O Secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, voltou a insistir que o Ministério da Educação deveria adiar por um ano a implementação do DL 54/2018 para dar tempo às escolas e aos professores, mas também aos pais e aos próprios alunos, de se adaptarem a um novo quadro legislativo tão disruptivo em relação ao que existia anteriormente e de serem criadas as condições (logísticas, recursos, formação…) para que o regime de inclusão possa ser aplicado de forma adequada.

Ana Simões, Coordenadora Nacional do Departamento, revelou algumas das respostas enviadas diretamente pelos professores aos sindicatos e que denunciam situações muito complicadas em algumas escolas, com os professores a afirmar que se sentem “completamente à deriva”.


Declarações de Mário Nogueira, Secretário-geral da FENPROF

 


Declarações de Ana Simões, Coordenadora do Departamento de Educação Especial da FENPROF

 

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo