CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
08 set 2016 / 13:12

É grave a situação no 1.º ciclo do ensino básico

Prestes a iniciar-se o ano letivo, no 1.º ciclo do ensino básico os problemas são mais que muitos, desde problemas com matrícula de alunos à sobrecarga horária de professores e alunos, a par da não correção de medidas tomadas pelo anterior governo em aspetos de ordem profissional, ao elevado número de alunos por turma, à falta de pessoal auxiliar, à inexistência de medidas efetivas de apoio à educação especial e aos alunos com necessidades educativas especiais.

Nas reuniões realizadas com os secretários de Estado, no passado dia 5 de setembro, colocados perante os problemas, estes responsáveis políticos do Ministério da Educação não deram qualquer indicação de quererem pôr fim a injustiças, inadequações ou à desvalorização profissional a que estes docentes têm vindo a ser sujeitos por sucessivos governos. Razão por que a FENPROF, hoje mesmo, dirigiu uma carta ao ministro da Educação alertando para esta inoperância e falta de vontade política para pegar nos problemas do 1.º ciclo e resolvê-los.

É também esta a razão por que a FENPROF convoca uma conferência de imprensa para esta sexta-feira, 9 de setembro, pelas 11.00 horas, na sede em Lisboa, do SPGL/FENPROF – R. Fialho de Almeida, 3, aproveitando a realização de uma reunião marcada de urgência pela Coordenação Nacional do 1.º ciclo do ensino básico da FENPROF.

A FENPROF agradece o acompanhamento que os/as senhores/as jornalistas certamente darão a esta iniciativa.

O Secretariado Nacional da FENPROF
8/09/2016 

 

 


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo