CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
16 fev 2018 / 17:09

Inquérito Nacional sobre Condições de Vida e Trabalho na Educação

Realiza-se amanhã (17 de fevereiro), em Vila Real (Auditório das Ciências Florestais da UTAD) o Seminário “Desgaste profissional dos professores: síndrome de burnout”. Este seminário terá como oradores Raquel Varela (Historiadora e investigadora da Universidade Nova de Lisboa) e Mário Nogueira (Secretário-Geral da FENPROF). A abertura dos trabalhos, pelas 9:30 horas, estará a cargo de José Augusto Cardoso (Coordenador do Departamento de Formação do SPN) e Alexandre Fraguito (Coordenador da Direção Distrital de Vila Real do SPN). 

Este seminário, cuja organização é do Sindicato dos Professores do Norte, integra-se no conjunto de iniciativas que estão a ser promovidas pela FENPROF, sobre um dos reconhecidos problemas que mais afetam os profissionais docentes, o seu desgaste, mas em relação ao qual Ministério da Educação e Governo têm recusado tomar qualquer medida. 

Iniciativa mais relevante do conjunto de iniciativas em curso é o Inquérito Nacional sobre Condições de Vida e Trabalho na Educação, que vai ser desenvolvido no âmbito de uma parceria entre a FENPROF e a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a partir do qual será feito um estudo científico por uma equipa de investigadores coordenada por Raquel Varela, que estará presente no seminário. 

O desafio é enorme, pois deverão ser recolhidos cerca de 40.000 inquéritos, com muita informação, o que significa que estamos perante o maior estudo jamais realizado sobre esta problemática. A recolha dos inquéritos vai iniciar-se em 19 de fevereiro, em todo o país, e decorrerá até final de março. O SPN e a FENPROF convidam os/as Senhores/as Jornalistas para, no final dos trabalhos, pelas 13 horas, se deslocarem ao local em que se realiza este seminário, assistindo à apresentação e divulgação pública do inquérito que, a partir da próxima segunda-feira, chegará às escolas portuguesas, públicas e privadas.

 

 

O Secretariado Nacional


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo