CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
30 nov 2007 / 18:18

Elevadíssimas percentagens de adesão à Greve

Os trabalhadores da Administração Pública deram ao Governo a resposta que ele merece, por impôr políticas contrárias aos seus direitos e por pôr em causa o futuro de uma Administração ao serviço das populações. A Greve Geral de 30 de Novembro registou elevadíssimas percentagens de adesão.

De acordo com os primeiros dados recolhidos, no âmbito da Administração central, nomeadamente nos sectores da Saúde e da Educação, a adesão está a cima dos 90%.


No Centro Nacional de Pensões, em Lisboa, os serviços de atendimento ao público estiveram encerrados.

No Hospital de S. José, também na capital, as consultas externas não funcionam e as urgências estão só com os serviços mínimos.

No turno da noite do Hospital da Covilhã, a adesão foi de 80%. No Curry Cabral, em Lisboa, foi de 100%, bem como no Hospital de Vila Franca de Xira, Sta. Maria e S. José.

O Instituto Gama Pinto registou uma adesão de 85%. 

 

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo