FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
1 de outubro

Em causa estão matérias relacionadas com a aplicação do regime de concursos e todos os erros, irregularidades e ilegalidades cometidos neste início de ano letivo, a PACC e a exclusão de cerca de 8.000 docentes dos concursos por não a terem realizado e ainda a não aplicação da diretiva comunitária 1999/CE/70, sobre vinculação e remunerações, que, nuns casos, é aplicada incorretamente e noutros nem sequer está a ser aplicada.


30 de setembro

Na passada terça-feira, dia 30 de setembro, foi discutida, na Comissão de Educação, Ciência e Cultura da Assembleia da República, a quinta petição da FENPROF: "Em Defesa da Escola Pública - moralizar a utilização de dinheiros públicos. Pôr fim aos privilégios do ensino privado." Esta petição, relativa ao distrito de Faro, foi apresentada pelo Sindicato de Professores da Zona Sul, e recolheu 4725 assinaturas


DECLARAÇÃO DO SECRETÁRIO GERAL DA FENPROF

"Este ano, o processo já começou muito atrasado e com os erros, irregularidades e ilegalidades cometidas pelo MEC, os problemas arrastar-se-ão, no mínimo, até meados de outubro. As primeiras colocações de professores que deveriam apresentar-se nas escolas em 1 de setembro (Mobilidade interna e contratação inicial) teve lugar no dia 9. A partir daí foram atrasos sobre atrasos e erros sobre erros."  Mário Nogueira, Secretário Geral da FENPROF


FENPROF PEDE REUNIÃO COM ISS/MSESS PARA GARANTIR JUSTIÇA E TRANSPARÊNCIA EM TODO O PROCESSO

...e colocados numa complicada situação social e profissional

Com o orçamento retificativo recentemente imposto pelo governo e pelos partidos da maioria de direita (PSD/CDS-PP) estabelece-se uma redução de 12,5% nos trabalhadores do Estado, processo que já se iniciou no Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.


BOLSA DE CONTRATAÇÃO DE ESCOLA

CONFIRMA-SE QUE SÓ O CONCURSO NACIONAL, ASSENTE NA GRADUAÇÃO PROFISSIONAL DOS CANDIDATOS, É JUSTO, SIMPLES E CÉLERE NA COLOCAÇÃO 


 
CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

INCAPACIDADE DO MEC PARA RESOLVER ERROS NOS CONCURSOS LEVAM ORGANIZAÇÕES SINDICAIS A SOLICITAR A INTERVENÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Porque "é urgente ultrapassar este impasse" - são já palavras de Mário Nogueira na conferência de imprensa realizada na tarde de quinta-feira, 25 de setembro, em Lisboa (foto:JPO) - a Plataforma Sindical avançou uma proposta, enviada aos grupos parlamentares, que poderá, no espaço de uma semana, resolver os problemas mais urgentes no âmbito das colocações: "abrir uma candidatura às escolas TEIP e às que têm regime de contratrato de autonomia, com um prazo de dois dias". Aponta-se para "uma iniciativa legislativa adequada", para a qual as organizações sindicais  "adiantam a possibilidade de recurso aos procedimentos previstos para a reserva de recrutamento, permitindo aos candidatos a manifestação de preferências para as escolas e agrupamentos abrangidas pelas BCE". / JPO 

Ofício ao Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Cultura da A.R.

Ofício do Provedor de Justiça ao Júri Nacional da PACC

Nota de imprensa da Plataforma Sindical de Professores

Reportagem da RTP Informação


ESPERA-SE QUE MEC HONRE O COMPROMISSO

A 22 de setembro, no Fórum de uma estação de rádio, intervindo sobre o tema do desinvestimento na Educação Especial, João Grancho, Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, afirmou que os serviços do Ministério da Educação e Ciência não podem agir à margem da lei.


FENPROF responsabiliza o MEC

Muitos milhares de alunos continuam, um pouco por todo o país, sem aulas ou, no mínimo, sem professores que assegurem a lecionação de todas as disciplinas. É uma das consequências mais graves do atraso no lançamento dos concursos e da forma incompetente como o MEC os realizou.


Nota de imprensa da Plataforma de Sindicatos de Professores

O Ministro da Educação e Ciência teve de reconhecer o que horas antes dizia ser coisa de apenas alguns professores e alguns sindicatos: os erros existentes nas BCE e a necessidade de serem publicadas novas listas. Fê-lo, não por, de um momento para o outro, ter tomado consciência dos problemas, mas porque a luta continua a ter muita força e hoje, mais uma vez, produziu resultados. Mal ficam os que, antes mesmo de as listas serem conhecidas, já as tinham abençoado. ASPL, FENPROF, SEPLEU, SIPE, SIPPEB, SINAPE e SPLIU, os sindicatos que, desde a primeira hora, têm falado em erros nos concursos e pugnado pela sua correção, regozijam-se pelo que foi obtido pelos professores e saúdam todos os colegas que não desistiram, foram à luta e hoje puderam estar junto ao MEC e na A.R.


Nuno Crato, o arrependido?

Antes…
16/09/2014: o ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, considera que as queixas sobre os alegados erros nas listas da Bolsa de Contratação de Escola (BCE) partiram "apenas de alguns professores e de alguns sindicatos...”.  Ver reportagem da conferência de imprensa do Ministro no "Público"

… e depois da luta
18/09/2014: o mesmo  ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, assume que “houve uma incongruência”, “na harmonização da fórmula” com base na qual foram ordenados milhares de professores sem vínculo, que começaram a ser contratados pelas escolas na segunda-feira passada. “Peço desculpa aos pais, aos professores e ao país”, disse, na Assembleia da República, ao assumir o erro. Ao fim da tarde, soube-se que aceitou a demissão do Diretor Geral da Administração Escolar, Mário Agostinho Pereira.  Ver vídeo

 


Depois de a ministra da Justiça ter pedido desculpa, horas depois foi a vez de Crato...

A normalidade do ano letivo cai como um castelo cartas perante as críticas da oposição no parlamento

Nuno Crato assumiu o erro de incompatibilização de escalas da fórmula matemática utilizada para a ordenação dos candidatos às BCE, com críticas de toda a oposição, relativamente ao discurso evasivo que o ministro usou no início do debate de urgência marcado pelo PSD para branquear a abertura do ano letivo. Branqueamento que acabou por cair como um castelo de cartas no final do debate, com o ministro a assumir a responsabilidade pelo erro e a comprometer-se a corrigir a situação na próxima semana.


Na "5 de Ouubro"

...para que haja uma decisão política no sentido de dar resposta aos múltiplos e graves problemas que estão a envolver a colocação de docentes neste início de ano letivo

Dezenas de professores descontentes com a situação criada pela incompetência técnica e pela irresponsabilidade política do ministério de Nuno Crato protestaram esta manhã, junto ao MEC, na "5 de Outubro" (foto: J. Caria), contra aquilo que se consideram ser o descalabro do processo de concurso e colocações deste ano letivo. Os professores seguiram, de tarde, para São Bento, para assistirem ao debate de urgência na Assembleia da República, sobre o início deste ano letivo, com a presença do ministro.

FOTOS DA CONCENTRAÇÃO JUNTO AO MEC


Plataforma Sindical no Ministério

Plataforma Sindical irá requerer anulação das “BCE” em tribunal e deslocar-se esta quinta-feira (dia 18) ao MEC (11 horas) para exigir eliminação dos efeitos da “PACC” e anulação das “BCE”


Coordenação Nacional do 1º CEB, da FENPROF

A Coordenação Nacional do 1º Ciclo do Ensino Básico, da FENPROF, reunida no passado dia 12 de setembro de 2014, fez a análise, discussão e balanço dos problemas sentidos pelos Professores deste setor de ensino, no arranque de mais um ano letivo.


CCT - ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO

Realizou-se no dia 16 de setembro a 1ª reunião de conciliação entre a FENPROF e a AEEP sobre a negociação de um novo Contrato Coletivo (CCT) para o setor . Este processo de conciliação foi requerido pela FENPROF na sequência da indisponibilidade manifestada pela AEEP em continuar com negociações diretas.


Ofício à DGAE

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA DA FENPROF, 2/10, 11h00, Lisboa

Governo/MEC age à margem da Lei de Bases do Sistema Educativo  e não está preocupado com as populações. Peça atualizada a 1/10/2014, 13h45


com os trabalhadores mais velhos

26 setembro

Recurso aos Tribunais

Todos os associados que estejam interessados na interposição da ação e na interposição da providência cautelar que a antecede deverão entrar em contacto urgente com os respetivos Sindicatos


1 de outubro

À atenção do sr. Carlos Costa

CGTP-IN comenta declarações, de arrepiar, do Governador do Banco de Portugal...


Petição do Distrito de Coimbra

Na tarde desta terça-feira, 23 de setembro,a Assembleia da República voltou a falar de Escola Pública, num debate provocado por mais de 5000 subscritores que querem políticas consentâneas com as exigências constitucionais e com os direitos de crianças, jovens e das suas famílias. Estima-se que, em três anos (2011 a 2013), só na região centro, os estabelecimentos do EPC tenham recebido muito mais de 200 milhões de euros, sendo que os distritos de Coimbra, Leiria e Aveiro terão sido os principais visados por tão grande esbanjamento de dinheiros públicos. (foto: J. Caria).


19 de setembro

Professores tomam posição em defesa de uma Educação Pública de Qualidade. Debate parlamentar foi acompanhado, nas galerias da A.R., por uma delegação da FENPROF (foto: J. Caria)


Ensino Particular e Cooperativo

 
Actualidade
▶ 
COLOCAÇÕES DE PROFESSORES
▶ 
▶ 
7 escolas rurais do Agrupamento de Santiago do Cacém
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
Portugal sobe na lista da competitividade?
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
ATRIBUIÇÃO DE HORÁRIO A QUEM REQUEREU “RESCISÃO” IRÁ CRIAR MAIS INSTABILIDADE NAS ESCOLAS
▶ 
Haja respeito pelos professores!
▶ 
▶ 
Nova configuração da CES e desccontos para a ADSE
 
Ainda em Destaque


ACÇÃO SINDICAL





NACIONAL





   








 

A Força de Estarmos Unidos!

Sindicaliza-te!

+ FORTE  + SEGURANÇA

 
Disponível o relatório anual do Conselho Nacional de Educação (CNE), "Estado da Educação 2013". Ler mais

 

Depoimentos:

Antónia Pacheco – Professora do Ensino Particular e Cooperativo

Sérgio Dias Branco – Professor do Ensino Superior

 

TUDO SOBRE O ATUAL PROCESSO DE CONCURSOS E COLOCAÇÕES

A FENPROF sempre discordou das intenções do MEC em relação ao regime de concursos de professores. Os resultados estão à vista e as consequências são desastrosas (mais desemprego, precariedade e
instabilidade). A FENPROF tudo fará para correção de todas as injustiças, ilegalidade e dos muitos erros que se verificam. Com os professores (na rua, nos tribunais...)

 
 
 
A CGTP-IN associou-se à Petição Internacional para a Proibição total das armas nucleares promovida pela central sindical japonesa ZENROREN e apelamos a que todas e todos os defensores da paz no mundo assinem esta petição (http://www.cgtp.pt/images/images/2014/09/peticao-contra-armas-nucleares.pdf).
 



http://www.fenprof.pt/AMIANTO 

 
JF - Julho de 2014

 
Prémio de Poesia António Gedeão (2014)

 

 
Semana de Ação Global pela Educação

 SEMANA DE ACÇÃO GLOBAL PELA EDUCAÇÃO
 

 Em todo o Mundo e, com a intervenção da FENPROF, em Portugal

 Não hesite! Defenda uma Escola Inclusiva. Defenda o futuro

 SPRA promoveu Encontro sobre Educação Inclusiva em Angra...   Imagens da iniciativa

 ... e realizou outro no passado dia 14, em Ponta Delgada


 
 
Caducidade dos contratos
Conta-Sentenças
 
 
671 CONDENAÇÕES!
Poucos foram tantas vezes condenados pela justiça em Portugal. Mas o MEC, sem vergonha, mantém a sua prática ilegal 

 
28 e 29 março de 2014 - Lisboa

versão em alta resolução (PDF)

Todos os pormenores da Conferência em
http://www.fenprof.pt/Conf1CEB

 
Sobre os Contratos de Autonomia

Dados recolhidos confirmam as reservas da FENPROF quanto a este processo de contratualização. 

Ler documento

 
Iniciativa FENPROF e CNOD


 
Petição contra o roubo nas pensões

 
Concursos
Página Web da DGAE
 
Benefícios e regalias

Foi criado o cartão FENPROF-CGD-ITIC

Docentes sindicalizados em sindicatos da FENPROF passarão a ter acesso a diversos benefícios no âmbito do protocolo assinado entre a FENPROF e o banco público português.

Conheça todos os benefícios dos sindicalizados nos Sindicatos da FENPROF

 
Em foco
▶ 
1 OUTUBRO, DIA NACIONAL DA ÁGUA
▶ 
Ataque às funções sociais do Estado
▶ 
 
Regalias aos Sócios
 
Revisão do ECD

Neste espaço são disponibilizados todos os documentos que estão relacionados com o processo de revisão do Estatuto da Carreira Docente.


>> Consulte aqui
 
 
 
DIVULGAÇÃO
Casa da Música
Porto
Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre

Orquestra de Jazz de Matosinhos
Museu do Neo-Realismo
Vila Franca de Xira
 
Voltar ao Topo 

© FENPROF, Federação Nacional de Professores
Rua Fialho de Almeida nº 3 - 1070-128 Lisboa | Telefone: 213 819 190 | Fax: 213 819 198
fenprof@fenprof.pt


Actualização: JPO
sysadmin (servidor): Paulo Seixas | webmaster (aplicação web): Marco Serralheiro