FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
23 de outubro: Plataforma Sindical no MEC

Logo que se conheceram, já tardiamente, as primeiras listas de colocação de professores, as organizações sindicais, em 10 de setembro, solicitaram uma reunião ao Ministro Nuno Crato. Daí para cá, os responsáveis do MEC, num primeiro momento, negaram a existência de problemas, para, depois, revelarem uma lamentável inépcia na sua resolução, assistindo-se a uma inacreditável acumulação de erros que levam a que, quase no final de outubro, muitos alunos continuem sem aulas. Da reunião realizada esta quinta-feira, no Palácio das Laranjeiras (foto: J. Caria)com a presença dos Secretários de Estado (Administração Escolar e Ensino Básico e Secundário), bem como da recém empossada Diretora-Geral da Administração Escolar, reunião que teve muita parra mas quase nenhuma uva, destacou-se a ausência de respostas, quer a nível técnico (pois o MEC entendeu não ser aquele o espaço adequado para esse debate), quer político (tendo o MEC considerado não ser aquela a oportunidade adequada). “O Ministério da Educação continua sem saber ou sem querer dar as respostas que o país exige que sejam dadas”, sublinhou Mário Nogueira, em declarações à comunicação social, após a reunião.

Vídeo: declarações de Mário Nogueira NOVO

Memorando sobre as denominadas Bolsas de Contratação de Escola impostas pelo Governo no Dec.-Lei nº 83-A/2014, de 23 de maio

Pedido de reunião ao Ministro

Pedido de abertura de processo negocial com vista à revisão do atual regime de concursos para colocação de docentes

SOBRE AS DENOMINADAS BOLSAS DE CONTRATAÇÃO DE ESCOLA 
IMPOSTAS PELO GOVERNO NO DECRETO-LEI N.º 83-A/2014, DE 23 DE MAIO 

Reportagem SIC Notícias        |       "Temos que ir à raíz do problema"


UM SALÁRIO QUE O GOVERNO DESVALORIZOU EM MAIS DE 30%

23 de outubro de 2014 fica assinalado como um daqueles em que os efeitos da máquina trituradora das políticas de empobrecimento, agora levadas a efeito pelo governo PSD/CDS, voltará a fazer-se sentir, de forma agravada, nos salários dos educadores, professores e investigadores.


FENPROF TOMA POSIÇÃO SOBRE PROPOSTAS DA ANICT RELATIVAMENTE À CARREIRA DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

Aparentemente a Associação Nacional de Investigadores em Ciência e Tecnologia (ANICT) transformou-se numa espécie de agência oficiosa do governo, funcionando como “cavalo de Tróia”, para preparar o terreno, dentro do próprio sistema científico nacional, para os objetivos de “morte anunciada” de metade da Ciência e Investigação. Parece pretender agora, a par daquele objetivo negativo, criar condições de real empobrecimento e precarização dos investigadores.


20 outubro

Exclusão de alguns dos protagonistas da Educação, designadamente dos Sindicatos dos Professores, evidenciou falta de cultura democrática.


É urgente rever a legislação de concursos!

...e alteradas opções que se confirmaram desajustadas

A FENPROF considera indispensável a urgente abertura de um processo negocial, com vista a alterar o atual regime de concurso, tornando-o nacional, para a colocação de docentes em todas as escolas e agrupamento e tendo por referência a graduação profissional dos candidatos. É essa a posição da esmagadora maioria dos professores e esse será um dos objetivos principais da sua luta no futuro próximo.


 
18 de Outubro de 2014

É tempo de passar das palavras aos actos!

O Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos visa promover a sensibilização da população em geral e dos governos europeus em particular, para a necessidade de se pôr termo a este crime contra a humanidade.


FENPROF EM CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

...com os problemas conhecidos a refletirem-se de forma agravada nesta área

O início do ano letivo 2014/2015 está a ser o mais conturbado de que há memória, com especial relevância para a colocação de professores. Uma situação que está a afetar muito a Educação Especial e a organização desta resposta educativa.

OE 2015: “corte assassino na Educação”

Nota de Imprensa (inclui quadros relativos ao estudo da FENPROF)

 Vídeo (declarações de Mário Nogueira)

 Vídeo (declarações de Ana Simões)

 Vídeo (declarações de José Reis)


Ensino Particular e Cooperativo

Teve hoje (14 de outubro de 2014) lugar a terceira reunião do processo de conciliação em curso no MSESS, entre a FENPROF e a AEEP, visando encontrar pontos de convergência que permitam celebrar um novo contrato coletivo de trabalho substitutivo do que ainda se encontra em vigor.


EM CAUSA, AINDA, AS COLOCAÇÕES DE PROFESSORES

...e também à nova Diretora-Geral da DGAE

De 10 de setembro até hoje, por várias vezes, foram solicitadas reuniões ao Ministro Nuno Crato, a propósito dos problemas surgidos com o processo de colocação de professores. Por ausência de resposta do Ministro, as reuniões pretendidas não se realizaram o que, a ter acontecido, poderia ter evitado que os problemas se arrastassem no tempo, como tem acontecido, com evidentes prejuízos para os professores, as escolas e os seus alunos.


quatro semanas depois do início do ano letivo

Os números relativos à RR-3 e BCE-2 que o MEC revelou, hoje, dia 10 de outubro, através do sítio da DGAE, confirmam que os problemas associados à colocação dos professores encontram-se longe de estar resolvidos. Nas escolas e agrupamentos ficarão ainda por colocar muitos professores (...) Os professores, os alunos, o país, têm direito a um ensino de qualidade, incompatível com o caos da abertura deste ano letivo, de que o ministro da Educação e a sua equipa são os únicos responsáveis.

Número de alunos sem aulas continua elevado na Grande Lisboa


Limitação do pagamento da compensação por caducidade dos contratos

Não bastando a permanente resistência do MEC em garantir aos docentes o pagamento da devida compensação, mais de 1000 processos foram julgados em tribunais administrativos, cujo desfecho foi o de dar razão aos professores e à FENPROF, cujos departamentos jurídicos (dos seus sindicatos) desencadearam os respectivos processos.


Notícias, reportagens, opinião

PSD e CDS chumbam iniciativa legislativa de cidadãos

Na votação de 10 de outubro, no Parlamento, a Iniciativa Legislativa de Cidadãos «Protecção dos direitos individuais e comuns à água», foi chumbada, com os votos contra do PSD e do CDS e os votos favoráveis de PS, PCP, Bloco de Esquerda e Verdes.


UM DEBATE DE QUE RESULTA UMA GRANDE DÚVIDA:

A falta de seriedade dos responsáveis do MEC em todo o processo de colocação de professores conheceu novo episódio quando Nuno Crato, no debate parlamentar (8/10/2014), tentando justificar a anulação das colocações dos docentes da BCE1, disse que, em 18 de setembro, naquele mesmo espaço, afirmara “os professores mantêm-se” e não “manter-se-ão”! Justificava, assim, o ministro que pretendera dizer que se manteriam apenas até à colocação de outros. É inacreditável esta forma de fazer política em que tudo parece valer, até dar o dito por não dito. Na altura, o Ministro afirmara ainda que, depois da nova ordenação, “eventuais duplicações seriam avaliadas caso a caso”. Ou seja, ao admitir duplicações Nuno Crato assumia que não haveria anulação de colocações já realizadas, pelo que jogar agora com as palavras não é politicamente sério.

Intervenção apresentada na Comissão de Educação, Ciência e Cultura da A.R.

Memorando sobre BCE apresentado na Comissão de Educação, Ciência e Cultura da A.R.


MEC “empurra para a frente” a resolução dos graves problemas que tem vindo a criar

Nervoso, incoerente, incapaz de responder às questões colocadas pelos deputados – foi esta a imagem que o Ministro da Educação e Ciência deixou no Parlamento (8/10/2014), onde esteve em discussão a grave situação criada no arranque do ano letivo, com a enorme "trapalhada" nas colocações dos docentes e a consequente instabilidade nas escolas. Nas galerias, dirigentes sindicais acompanharam o debate, solicitado pela bancada do Partido Ecologista "Os Verdes" (fotos: J. Caria). De manhã, a Plataforma Sindical dos Professores foi recebida na Comissão de Educação, Ciência e Cultura da Assembleia da República. / JPO 

Demissão!    |    "Mantém-se? Manter-se-á?"

Vídeo RTP Informação (8/10/2014)  Intervenções no Plenário

O "disse que não disse" do sr. Ministro... ("Expresso", 8/10/2014)

Oposição em bloco pede demissão do Ministro ("DN", 8/10/2014) 

  


22/10/2014

Ensino Particular e Cooperativo

FENPROF VAI PROMOVER PLENÁRIOS COM PROFESSORES EM LISBOA, PORTO, COIMBRA E FARO

  • Dia 28 de outubro (terça-feira) às 17h30:
    Coimbra (Conservatório de Música, junto à Secundária Quinta das Flores) 
    Lisboa (auditório do SPGL, na Fialho de Almeida)
  • Dia 29 de outubro (quarta-feira) às 17h30:
    Porto (Sede do SPN, edifício Cristal Park)
    Faro (Sede do SPZS na Miguel Bombarda)

Documentos


PROPOSTA DE ORÇAMENTO DE ESTADO PARA 2015

última hora

Tendo chegado à FENPROF  denúncias de procedimentos publicitados nos sites de algumas escolas/agrupamentos que indiciam irregularidades no processo de seleção e seriação dos candidatos, foi enviado à DGAE um ofício.

Ver OFICIO.


De 15 de outubro às 18h de 17 de outubro

Carga fiscal à moda do PSD e CDS

CGTP-IN: as reformas do IRS e fiscalidade verde são injustas e imorais

As famílias portuguesas estão mais pobres

Aumento enorme de impostos para as famílias, e baixa de impostos para as empresas em 2015 - ver aqui estudo do economista e investigador Eugénio Rosa


Links da reportagem transmitida no Fala Portugal, da TV Record:

No Facebook   |   No Youtube

"A escola tem muitos protagonistas"


Abriu (3/10/2014) o procedimento concursal para a mobilidade por doença para os docentes colocados na primeira prioridade no concurso de mobilidade interna, o qual decorrerá durante 15 dias úteis, ou seja, até dia 23 de outubro.   Ver circular


volta a aliviar as grandes empresas

SIC Notícias e RTP

 
Actualidade
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
5 de Outubro
▶ 
Aceitação de Colocação pelo Candidato
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
▶ 
COLOCAÇÕES DE PROFESSORES
▶ 
▶ 
7 escolas rurais do Agrupamento de Santiago do Cacém
▶ 
 

Sindicaliza-te!

+ FORTE  + SEGURANÇA


Governo quer reduzir défice à conta dos despedimentos


QUESTIONÁRIO LANÇADO PELA PLATAFORMA SINDICAL

Exigimos respeito!

A Plataforma Sindical dos Professores preparou um questionário que será também abordado e recolhido nas reuniões sindicais que a FENPROF realizará em todo o país. Com esse questionário, pretende-se que os professores, na posse de informação atualizada intervenham analisando a situação e propondo caminhos para o protesto e a exigência. Esta iniciativa foi anunciada no final do desfile realizado em Lisboa em 5 de Outubro, Dia Mundial d@s Professor@s.

Caso pretendas dar a tua opinião, responde às questões que aqui te colocamos!


Disponível o relatório anual do Conselho Nacional de Educação (CNE), "Estado da Educação 2013". Ler mais


A FENPROF sempre discordou das intenções do MEC em relação ao regime de concursos de professores. Os resultados estão à vista e as consequências são desastrosas (mais desemprego, precariedade e
instabilidade). A FENPROF tudo fará para correção de todas as injustiças, ilegalidade e dos muitos erros que se verificam. Com os professores (na rua, nos tribunais...)

 



http://www.fenprof.pt/AMIANTO 

 
JF - Outubro de 2014

 
Prémio de Poesia António Gedeão (2014)

 

 
Semana de Ação Global pela Educação

 SEMANA DE ACÇÃO GLOBAL PELA EDUCAÇÃO
 

 Em todo o Mundo e, com a intervenção da FENPROF, em Portugal

 Não hesite! Defenda uma Escola Inclusiva. Defenda o futuro

 SPRA promoveu Encontro sobre Educação Inclusiva em Angra...   Imagens da iniciativa

 ... e realizou outro no passado dia 14, em Ponta Delgada


 
Caducidade dos contratos
Conta-Sentenças
 
 
671 CONDENAÇÕES!
Poucos foram tantas vezes condenados pela justiça em Portugal. Mas o MEC, sem vergonha, mantém a sua prática ilegal 

 
28 e 29 março de 2014 - Lisboa

versão em alta resolução (PDF)

Todos os pormenores da Conferência em
http://www.fenprof.pt/Conf1CEB

 
Sobre os Contratos de Autonomia

Dados recolhidos confirmam as reservas da FENPROF quanto a este processo de contratualização. 

Ler documento

 
Iniciativa FENPROF e CNOD


 
Petição contra o roubo nas pensões

 
Concursos
Página Web da DGAE
 
Benefícios e regalias

Foi criado o cartão FENPROF-CGD-ITIC

Docentes sindicalizados em sindicatos da FENPROF passarão a ter acesso a diversos benefícios no âmbito do protocolo assinado entre a FENPROF e o banco público português.

Conheça todos os benefícios dos sindicalizados nos Sindicatos da FENPROF

 
Em foco
▶ 
1 OUTUBRO, DIA NACIONAL DA ÁGUA
▶ 
Ataque às funções sociais do Estado
▶ 
 
Regalias aos Sócios
 
Revisão do ECD

Neste espaço são disponibilizados todos os documentos que estão relacionados com o processo de revisão do Estatuto da Carreira Docente.


>> Consulte aqui
 
 
 
DIVULGAÇÃO
Casa da Música
Porto
Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre

Orquestra de Jazz de Matosinhos
Museu do Neo-Realismo
Vila Franca de Xira
 
Voltar ao Topo 

© FENPROF, Federação Nacional de Professores
Rua Fialho de Almeida nº 3 - 1070-128 Lisboa | Telefone: 213 819 190 | Fax: 213 819 198
fenprof@fenprof.pt


Actualização: JPO
sysadmin (servidor): Paulo Seixas | webmaster (aplicação web): Marco Serralheiro