FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
SETOR VIVE DESREGULAMENTAÇÃO ORGANIZACIONAL

Decorreu nesta tarde, na "5 de Outubro",  uma reunião com a presença de sindicalistas da FENPROF (foto JPO) e de elementos da Secretaria de Estado do Ensino Básico e Secundário.  A delegação sindical manifestou as  preocupações da Federação face ao aumento do horário letivo dos alunos, devido à introdução do Inglês, à multiplicidade de regimes de docência e à (des)organização reinante na elaboração dos horários dos professores. Manuel Micaelo e Dulce Carvalho (SPGL); Maria José Silva (SPN); Celeste Duarte (SPRC) e Maria da Fé Carvalho (SPZS) integraram a delegação da FENPROF. /  Peça em atualização


Mais 656 turmas com contrato de associação

Quem está no terreno garante que há muitos casos em que ao lado destes colégios, a quem o Estado paga por um certo número de turmas, estão escolas públicas com condições para receberem os alunos. O próximo ano letivo abre com mais 656 turmas com contrato de associação, uma despesa de quase 53 milhões de euros. / JN, 26/07/2015

LER AINDA:


ANO LETIVO

Com a divulgação do Lançamento do Ano Letivo 2015-2016, fica, num extenso documento, registado aquele que é o quadro legal aplicável ao ano letivo que se inicia em 1 de setembro do corrente ano.


ENSINO PORTUGUÊS NO ESTRANGEIRO

FENPROF APRESENTOU PROPOSTA PARA REVISÃO DAS TABELAS SALARIAIS

A FENPROF, através de delegação que incluiu o seu Secretário-Geral, bem como o Secretário-Geral do SPE, reuniu (17/07/2015) com responsáveis do Camões, IP, devidamente mandatados pelo governo para assumirem a sua representação nas negociações que visam alterar aspetos do Regime Jurídico do Ensino Português no Estrangeiro (RJEPE).


ALARGAMENTO DO “PERÍODO TRANSITÓRIO” PARA OS DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR

A Federação Nacional dos Professores promoveu na passada quinta-feira,16 de julho, em Lisboa, duas iniciativas no quadro da sua intervenção no setor do ensino superior e investigação: de manhã reuniu com o Presidente do Conselho Nacional de Educação (foto J. Caria); à tarde, esteve na Residência Oficial do Primeiro Ministro, em São Bento, onde a delegação constituída por dirigentes sindicais e docentes reuniu com a assessora do PM para os assuntos sociais, após uma concentração que juntou docentes oriundos de vários pontos do país (foto JPO). No próximo dia 21, às 15h00, decorrerá uma reunião com a Comissão de Educação, Ciência e Cultura da Assembleia da República para apresentação e debate da Petição entregue pela FENPROF. Em foco nestas ações está a situação de precariedade que se vive no setor. Para muitos docentes do ensino superior, o período transitório estabelecido nos seus estatutos de carreira para obtenção do grau de doutor ou do título de especialista está a esgotar-se. / JPO 

Revista de imprensa NOVO

FENPROF apresenta propostas (conferência de imprensa de 6/07/2015)

FENPROF propõe a transformação do atual sistema binário de Ensino Superior num sistema unitário, integrado e diversificado

FENPROF entregou na A.R. petição com 4167 assinaturas

Petição

A propósito do memorando sobre a (não) transposição da Diretiva 1999/70/CE

Governo português em incumprimento!


A PROPÓSITO DOS EXAMES DO SECUNDÁRIO

A FENPROF considera que transformar as escolas, no 3º período letivo, em “centros de estágio de alto rendimento” é prejudicial para os alunos, para as suas aprendizagens, interfere na estratégia de trabalho dos docentes e distorce a imagem da escola.


 
Conselho Nacional muito crítico no balanço da legislatura e do ano letivo

“Temos eleições e é preciso alterar profundamente o curso da Educação, no sentido de defender uma Escola Pública de Qualidade, Democrática e Inclusiva. É preciso alterar a política em curso e em nossa opinião há uma condição que, podendo não ser suficiente, é absolutamente necessária: mudar de governo”


PARCERIA GOVERNO-CAMBRIDGE

Apesar de ter garantido que não haveria qualquer despesa acrescida com o PET, MEC/IAVE vem agora dizer que, afinal, o erário público vai suportar despesa que não revela.

Descontos salariais por greve ao serviço do PET


ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO

Encontro nacional "Ser docente no ensino particular e cooperativo"

Dignificar a profissão docente - preocupação em destaque no debate promovido pela FENPROF

"Temos que alargar a participação dos docentes nas lutas e nos protestos, nas reivindicações em defesa da sua dignidade profissional", sublinhou Mário Nogueira nos momentos finais  do encontro nacional "Ser docente no ensino particular e cooperativo", iniciativa da FENPROF (foto J. Caria) que decorreu no passado sábado, 4 de julho, em Lisboa.Os participantes neste encontro sindical, oriundos de várias regiões do país, aprovaram por unanimidade uma resolução que será enviada à associação patronal, ao MEC e a outras entidades. / JPO   

Resolução aprovada

Bloco de notas  |  Cinco desafios

 Imagens da iniciativa /J. Caria e Fernando Vicente

PowerPoint da intervenção de Graça Sousa

PowerPoint da intervenção de Manuela Esteves


destaque

A FENPROF reuniu (25 /06/2015) na Direção Geral da Administração Escolar/MEC, apresentando aos responsáveis pela área de concursos e colocações de professores um conjunto de situações aparentemente anómalas / ilegais que decorrem da publicitação das listas definitivas de ordenação, colocação e exclusão de candidatos.


Privatização em curso

Foi divulgado o “aviso de abertura ao regime de acesso ao apoio financeiro a conceder em 2015/2016, no âmbito do contrato de associação” dos colégios com o Ministério da Educação. O aviso segue-se à publicação da Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho.Para a FENPROF, a medida agora posta em marcha pelo governo é de constitucionalidade duvidosa por desrespeitar o Artigo 75.º da Constituição da República Portuguesa

Número de turmas a consagrar em contrato de associação, que vigorará por três anos letivos:

  • Região Norte – 211 turmas dos 5.º, 7.º e 10.º anos
  • Região Centro – 265 turmas dos 5.º, 7.º e 10.º anos
  • Grande Lisboa, vale do Tejo e região Oeste – 168 turmas dos 5.º, 7.º e 10.º anos
  • Zona Sul – 12 turmas dos 5.º, 7.º e 10.º anos
  • Total nacional de turmas objeto deste concurso – 656 turmas dos 5.º, 7.º e 10.º anos

Organização do próximo ano letivo

A FENPROF entregou na passada terça-feira, 16 de junho, no MEC (Palácio das Laranjeiras, em Lisboa) um documento com 10 medidas para melhorar a organização pedagógica e o funcionamento das escolas, bem como para respeitar um desempenho docente de qualidade. A delegação sindical manifestou preocupação com o atraso que se verifica na definição das normas de organização do ano escolar 2015/2016 (o ano passado, o despacho foi publicado em 26 de maio) e, mais uma vez, considerou que esta é das matérias que deveria merecer um quadro legal estabilizado e não a publicação anual de despachos que impedem as escolas de se organizarem com a necessária antecedência (foto: J.Caria). Mário Nogueira, Secretário Geral, Anabela Delgado (SPGL), José Manuel Costa (SPN), Vitor Godinho (SPRC) e Manuel Nobre (SPZS), membros do Secretariado Nacional,  integraram a delegação que se deslocou às Laranjeiras. / JPO


Tomada de posição da FENPROF

Alguns professores – quer dos quadros de zona pedagógica, quer candidatos à mobilidade interna – têm levantado dúvidas acerca do elevado número de colegas que foram colocados no âmbito da Mobilidade por Doença, sendo igualmente posta em causa a situação clínica invocada nos respetivos pedidos.


CGTP-IN:

POPULAÇÃO IMPEDIDA DE ENTRAR

Na recente consulta nacional sobre a municipalização da educação, 91,3% dos professores do agrupamento que votaram pronunciaram-se contra a municipalização. O município de Sousel está envolvido na assinatura do contrato de delegação de competências apesar da contestação dos seus professores.


reflexão

A FENPROF recebeu uma reflexão da professora Graciete Teixeira sobre assuntos de interesse premente, numa abordagem que reflete, exatamente, o que tem sido o posicionamento da FENPROF sobre estas matérias. Depois de termos obtido a autorização de publicação decidimos disponibilizar o texto que agora partilhamos.


CONCENTRAÇÃO CGTP-IN

"Estamos no verão mas a luta não vai de férias"
(Arménio Carlos, Secretário Geral da CGTP-IN)

Milhares de trabalhadores protestaram em 22 de julho contra a política de direita do Governo PSD/CDS que explora e empobrece


SENSIBILIZAÇÃO

EM DEFESA DO ALARGAMENTO DO PERÍODO TRANSITÓRIO PARA DOCENTES QUE AINDA NÃO CONCLUÍRAM O SEU DOUTORAMENTO

A grave situação de precariedade e ameaça de despedimento que atingem hoje cerca de quatro centenas de docentes do ensino superior foram de novo levadas à Assembleia da República por iniciativa da FENPROF. O prazo está a esgotar-se, quer o da Legislatura, quer o dos docentes. A FENPROF esteve, uma vez mais, na Comissão de Educação, Ciência e Cultura da AR para expor o problema e apelar à sua resolução.


ESTUDO

DESTAQUE

Reportagem video com declarações de Ana Avoila sobre este "imposto" que mais parece um seguro de doença, mas que deveria ser apenas uma contribuição para garantir a sustentabilidade do sistema. O que se passa é que os lucros da ADSE são retirados do bolso dos trabalhadores.


Educação pré-escolar

A FENPROF incentiva os educadores de infância a, com base nestas diretrizes, terem uma participação ativa na definição do calendário escolar, pugnando pelo cumprimento na íntegra do previsto relativamente aos períodos destinados à avaliação no final de cada período.


ALTERAÇÃO DE CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DE PROVAS FINAIS E DE EXAMES

Atualizado a 15/07/2015, 19h40


 
Actualidade
▶ 
18 de Julho
▶ 
Em foco
▶ 
Num momento em que é grande o descontentamento dos investigadores portugueses
▶ 
Mais de 500 milhões de euros públicos a alimentar interesses privados
▶ 
Em causa a defesa da escola pública de qualidade posta em causa pelas políticas do governo
▶ 
Manfestação nacional em Lisboa
▶ 
▶ 
 

Sindicaliza-te!

+ FORTE  + SEGURANÇA

ESTATUTOS DA FENPROF

Sites

 
Contra a requalificação/mobilidade

Contra a requalificação/mobilidade especial, pelo direito ao emprego e a uma Escola Pública de qualidade

Quero assinar a petição

 
 
JF junho 2015

 
JF SUP junho 2015

 
Dias da cultura em luta

 

AÇÃO URGENTE PELA LIBERTAÇÃO DE TODOS OS 

PRESOS POLITICOS SAHARAUIS

adalapo.wordpress.com

 
Cabo Verde

FENPROF solidária

 

Não ao Tratado Transatlântico

Plataforma portuguesa
para análise crítica ao TTIP

18 de abril: iniciativa pública em Lisboa

TTIP – Uma ameaça que urge parar (Henrique Borges)

 
Caducidade dos contratos
Conta-Sentenças
 
 
750 CONDENAÇÕES!
Poucos foram tantas vezes condenados pela justiça em Portugal. Mas o MEC, sem vergonha, mantém a sua prática ilegal 

 
PRC 2015

 
Relatório da OCDE
"Education at a Glance 2014" 

Disponível o relatório anual do Conselho Nacional de Educação (CNE)
 Ver documento
 
Em foco
▶ 
Revista de imprensa
▶ 
Estudo da CGTP-IN
▶ 
Compara o incomparável
 
Regalias aos Sócios
 
Agenda e Revista de Imprensa
▶ 
Revista de imprensa
 
 
DIVULGAÇÃO
Casa da Música
Porto
Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre

Orquestra de Jazz de Matosinhos
Museu do Neo-Realismo
Vila Franca de Xira
 
Voltar ao Topo 

© FENPROF, Federação Nacional dos Professores
Rua Fialho de Almeida nº 3 - 1070-128 Lisboa | Telefone: 213 819 190 | Fax: 213 819 198
fenprof@fenprof.pt


Actualização: JPO
sysadmin (servidor): Paulo Seixas | webmaster (aplicação web): Marco Serralheiro