CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
27 abr 2009 / 16:14

Entre 5 e 29 de Maio, o maior Festival de Teatro Universitário do País


Entre 5 e 29 de Maio, Lisboa recebe, pelo décimo ano, o maior Festival de Teatro Universitário do país, este ano com o selo de qualidade do Ano Europeu da Criatividade e Inovação. É no Teatro da Comuna e noutros locais da capital, que o FATAL se volta a mostrar à cidade, contando nesta edição com José Saramago, Prémio Nobel da Literatura, e Manoel de Oliveira, reconhecido realizador de cinema na Comissão de Honra, entre outras individualidades da Cultura nacional.

   
 
 
 
 
Durante 20 noites subirão ao palco 20 espectáculos de 20 grupos de teatro universitário de Portugal, mas também, numa clara aposta de internacionalização, grupos de Espanha, França, Alemanha e Brasil. Para além dos espectáculos apresentados no Teatro da Comuna, as performances e os espectáculos site specific continuam a espalhar por toda a cidade, a diversidade, inovação e criatividade que caracterizam o teatro universitário. Após cada apresentação, as tertúlias, com presença de individualidades da Academia e das Artes do Espectáculo, são um convite ao público para falar do que viu, constituindo-se como sempre num espaço de opinião e crítica.

Mas o FATAL é muito mais que teatro! É um espaço híbrido de entrecruzamento de saberes. Passando pela formação, pelas artes plásticas, pela fotografia e pela pintura são muitas as propostas da programação paralela. Destaque para a Masterclass com o dramaturgo, encenador e especialista em commedia dell'arte Nicolo Carlo Boso; para os Workshops de Dramaturgia, com José Maria Vieira Mendes, Fotografia de Teatro e Tradução; para a exposição de fotografia Fatalidades II, no IPJ de Moscavide, Memórias GTL, na Faculdade de Letras, FATAL - Pintura em Cena e FATAL Folio, no Teatro da Comuna; para as instalações urbanas de artes plásticas, com obras de alunos e docente da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, dispersas pelo campus da Universidade de Lisboa.

O FATAL encerra em Festa com a entrega dos Prémios FATAL, atribuídos pelo júri presidido pelo actor Ruy de Carvalho, dia 29 de Maio, no Teatro da Comuna, às 22 horas.

Este ano, o segundo número da Revista FATAL, vai destacar os 10 anos de Festival, continuando a sua missão de espaço de reflexão e divulgação do teatro universitário e das artes performativas.

A Apresentação Pública, no dia 28 de Abril, às 16 horas, na Reitoria da Universidade de Lisboa, é a primeira oportunidade para entrar em contacto com os protagonistas deste evento, que apresentarão excertos dos seus espectáculos. Em simultâneo, decorrerá a Sessão de Homenagem a Paulo Quintela, fundador do TEUC, o grupo de teatro universitário com actividade contínua mais antigo da Europa, com a participação de José Carlos de Vasconcelos e de outros antigos membros do TEUC, entre outras personalidades.


 
Imprimir Abrir como PDF

Contém 1 ficheiro em anexo:

 DOSSIER IMPRENSA_FATAL 2009.pdf

Partilhar:

|

Voltar ao Topo