abrir aplicação

CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
11 mar 2019 / 11:19

Sindicatos da FENPROF promovem plenários e reuniões em todo o país

No centro da agenda de trabalho estará a luta:

Manifestação Nacional de 23 de março e consulta sobre as formas de luta seguintes

 

O governo recusou negociar o prazo e o modo de recuperar os 9 anos, 4 meses e 2 dias de trabalho cumprido pelos professores e decidiu apagar mais de 6,5 anos deste tempo de serviço, numa manifestação de enorme desrespeito pelos professores, mas, igualmente, pela lei e pela Assembleia da República. Este roubo de tempo de serviço concretizado pelo governo é, por isso, injusto, discriminatório e ilegal. Este problema, garante a FENPROF, está longe de ser coisa do passado, pois os professores nunca desistirão de lutar pelo que é seu, não aceitando os fortes e graves prejuízos que adviriam para a sua carreira, a sua futura aposentação e a sua vida se o tempo de serviço que cumpriram nos períodos de congelamento não fosse todo recuperado. 

Com este assunto na agenda, mas, também, com outros que correspondem a medidas não tomadas pelo atual governo, apesar de diversos compromissos assumidos - rejuvenescimento da profissão, regularização dos horários de trabalho ou combate efetivo à precariedade - a FENPROF avança com reuniões e plenários em todo o país, nos quais se espera uma grande participação de professores e educadores. 

Nestes plenários e reuniões, os professores participarão ao abrigo da lei sindical.

Nos plenários: 

- Será dada informação sobre a farsa negocial promovida pelo governo em 25 de fevereiro e 4 de março, em relação à qual a FENPROF apresentou a Declaração para a Ata;

- Conhecerão as posições manifestadas pelos partidos políticos, de quem esperam a anulação do roubo perpetrado pelo governo;

- Debaterão todos os temas agendados e outros que os professores entendam colocar;

- Será feita a mobilização para a Manifestação Nacional dos Professores do próximo dia 23 de março, momento muito importante da luta que irá continuar;

- Terá lugar a consulta sobre a continuação da luta (documento para preenchimento em papel - PDF), também disponível online, caso o tempo de serviço cumprido pelos docentes continue sem ser recuperado na totalidade.

O Secretário-Geral da FENPROF participará nos seguintes plenários: 

- 12 de março, 9:30, em Faro, no Auditório do IPJ; (já realizado)

- 13 de março, 9:30 e 16:30, em Coimbra, no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra; (já realizado)

- 14 de março, 9:30, em Braga, no Auditório do Conservatório de Música; (já realizado)

- 15 de março, 9:30, no Seixal, no Auditório da Escola Secundária Nun'Álvares; (já realizado)

- 18 de março, 9:30, em Viseu, no Auditório do Instituto Politécnico; (já realizado)

- 19 de março, 9:30, em Aveiro, no Auditório José Grácio, Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro; (já realizado)

- 19 de março, 16:30, em Oliveira de Azeméis, no Auditório da Escola Secundária Ferreira de Castro. (já realizado)

O maior de todos os plenários, no qual a FENPROF, se juntará às outras nove organizações que convergem nesta luta dos professores, será em 23 de março, com início marcado para as 15 horas no Largo do Marquês de Pombal, em Lisboa. 

O Secretariado Nacional da FENPROF


 
Imprimir Abrir como PDF

Contém 2 ficheiros em anexo:

 Reuniao_4_marco_-_declaracao_FENPROF_para_ata.pdf
 _inquerito_professores.pdf

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo