FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
 Bem-vindo ao Site dos Professores Aposentados
newsletter 
RSS
24 set 2015 / 11:36

“A quebra dos salários e dos rendimentos das famílias e o agravamento das desigualdades com o Governo PSD/CDS”

Neste estudo do economista e investigador Eugénio Rosa é feita uma análise aos dados oficiais divulgados pelo governo (Ministério da Economia), pelo INE e pelo Eurostat, que demonstram a existência de uma quebra grave nos rendimentos dos trabalhadores e das famílias, assim como o aumento das desigualdades em Portugal, problemas que se agudizaram com a politica de austeridade imposta ao país pela “troika” e pelo governo PSD/CDS.

Destas políticas resultou o aumento da injustiça na repartição da riqueza criada - o lucro cresceu para patrões mas  não teve repercussão nem na melhoria dos salários nem nas condições de trabalho.

“Entre 2010-2014, o total das “Remunerações” diminuiu 10%., e o dos “Ordenados e salários” caiu 11,3% (este em 2 anos apenas), enquanto a parte do Excedente Bruto de Exploração no PIB, que reverte para os patrões, aumentou 5% (passou de 41,3% para 43,3% do PIB)”

 

Poderá aceder a este Estudo através do link:

/Sites/eugeniorosa.com/Documentos/2015/29-2015-quebraRendimentos.pdf 

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo