CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
11 mai 2018 / 16:39

Professores esperaram ministro para exigir as reuniões trimestrais prometidas e negociação efetiva

A4_razoes19maio.pngNuma concentração que juntou docentes de todos os níveis de educação e ensino, tendo sabido da presença hoje em Coimbra, na Escola EB 2,3 Silva Gaio, a FENPROF entendeu dever entregar em mão ao Ministro da Educação novo lembrete de que, ao contrário do que disse no início do seu mandato, as reuniões trimestrais desapareceram, ou, então, o último trimestre terá já 8 meses.

(video Mário Nogueira durante a concentração)

Mário Nogueira, no momento em que entregou o lembrete a Tiago Rodrigues lembrou-lhe, precisamente, que no inicio do ano letivo, o ministro afirmou que iria lutar radicalmente pelos professores. Que aparentemente não o fizera, mas também não era isso que se esperava do ministro.

A FENPROF  considera que apenas deveria respeitar os professores, os seus sindicatos, negociando efetivamente, e que resolvesse os problemas.

Acontece que os problemas se têm agravado e o ministro desaparecido cada vez mais. Disse ele que só este ano já tinha havido 12 reuniões com sindicatos. Respondemos que não é o número de reuniões que resolve os problemas, mas as medidas que delas resultam naquele sentido.

Por último, lembrámo-lo que no início se comprometeu a reunir trimestralmente com os sindicatos, mas que já lá vão 8 meses sem que isso aconteça. Aí respondeu que se comprometeu a reunir, mas quanto à periocidade, era ele que decidia quando o queria fazer. Voltou a dizer que já tinha havido 12 reuniões. Foi lembrado que, apesar disso, o tempo de serviço continuava por recuperar, o envelhecimento da profissão por ser contrariado, os horários por serem regularizados e quanto aos concursos nem era bom falar, tantas as trapalhadas que estavam a acontecer. Entregámos-lhe o lembrete, dizendo-lhe que não poderia continuar a adiar a reunião política, com a sua presença.

Departamento de Informação e Comunicação

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo