CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
12 mar 2018 / 12:18

FENPROF acompanhará a Greve, diariamente, por todo o país

Hoje, pelas 17 horas, a FENPROF participará na reunião negocial sobre recuperação do tempo de serviço, que colocará na mesa das negociações governo e organizações sindicais.

Esta será a última oportunidade do governo para evitar a greve que os professores iniciarão amanhã, dia 13, e se prolongará até dia 16. Para a evitar, bastará que o governo respeite a Declaração de Compromisso que assinou e acolha a recomendação da Assembleia da República de que todo o tempo seja contado.

Como indicia a ausência de qualquer nova proposta do governo, com vista à reunião de hoje, a greve vai manter-se, dada a inflexibilidade do Ministério das Finanças e do Ministério da Educação neste processo negocial. A FENPROF fará, diariamente, pontos de situação da greve, organizados da seguinte forma:

  • 13 de março
    • Lisboa, 12 horas – Escola Básica Marquesa de Alorna, onde, para além de uma primeira apreciação da greve, será apresentada a posição da FENPROF face às posições manifestadas pelo governo na reunião de dia 12.
  • 14 de março
    • Faro, 11 horas – EB 2/3 D. Afonso III
    • Évora, 16 horas – Escola Secundária Severim de Faria
  • 15 de março
    • Coimbra, 8 horas – Escola Secundária Avelar Brotero
    • Viseu, 15 horas – Centro Escolar Rolando Oliveira – Bairro de Santo Estevão
  • 16 de março
    • Braga, 11 horas – Escola Secundária D. Maria II
    • Porto, 16 horas – Conferência de Imprensa, onde será feito o balanço final da greve e apontadas novas formas de luta (local a anunciar).

 

Em todas estas iniciativas participarão dirigentes dos Sindicatos dos Professores da respetiva região, bem como da FENPROF, incluindo o Secretário-geral, Mário Nogueira.

 

O Secretariado Nacional


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo