CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
29 mar 2014 / 19:58

Mário Nogueira no encerramento da Conferência: "Não basta ter boas ideias e propostas. É preciso estar na luta"

Após "esta grande conferência", a FENPROF está mais apetrechada para responder aos novos desafios que se colocam à necessária renovação da Escola do 1º Ciclo - destacou Mário Nogueira no auditório do Instituto Franco Português, no encerramento dos trabalhos da 4ª Conferência Nacional dedicada ao setor.

"Desafio ganho", foi a expressão usada pelo Secretário Geral da FENPROF para fazer o balanço da iniciativa, da qual sairam propostas objetivas que a Federação irá agora divulgar a vários níveis.

O dirigente sindical "tocou" algumas das matérias levadas ao debate pelos participantes nesta conferência, destacando em vários momentos da sua intervenção a necessidade de reforçar a defesa e valorização da escola pública, "envolvendo todos".

"A escola tem de ser inclusiva  e democrática; se não for inclusiva não é democrática".  A escola tem que ter condições (humanas, funcionais, técnicas) para poder acolher todos, sublinhou.

Nogueira alertou de novo para as ofensivas neoliberais contra as funções sociais do Estado. "A Educação é um mercado muito apetecível para o capital".

Já na ponta final da sua intervenção, destacou três momentos próximos para os quais é necessário mobilizar os professores portugueses:

  • As comemorações dos 40 anos da Revolução de Abril
  • A  jornada do 1º de Maio
  • As eleições europeias de 25 de maio.

Estes momentos serão, sem dúvida, "muito importantes para correr com o Governo e com estas politicas"./JPO 


Vídeo: Mário Nogueira no encerramento da Conferência

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo