CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
15 mar 2021 / 12:41

FENPROF acompanha regresso ao ensino presencial da Educação Pré-Escolar e do 1º CEB

O Secretário-geral da FENPROF esteve na Escola Básica Bairro São Miguel – EB1 / JI (AE Rainha Dona Leonor), em Lisboa, a acompanhar o regresso ao ensino presencial da Educação Pré-escolar e do primeiro ciclo do ensino básico. Mário Nogueira lamentou que a testagem à comunidade escolar não tivesse sido feita antes deste regresso e disse aguardar com expectativa que o processo de vacinação se inicie, conforme anunciado hoje pelo ME, já no próximo fim-de-semana.

Por outro lado, o Secretário-geral da FENPROF lembrou que continua a ser necessário reforçar medidas que, no primeiro período, foram insuficientes para evitar que a Covid-19 tivesse entrado em 2832 estabelecimentos públicos de Educação Pré-Escolar e dos Ensinos Básico e Secundário. É o caso do distanciamento físico, através da redução do número de alunos por turma, e da eficiente limpeza e desinfeção de espaços, aumentando o número de assistentes operacionais. Para a FENPROF, é fundamental que as escolas não voltem a encerrar e que o ensino presencial não seja, mais uma vez, substituído por soluções de emergência que prejudicam aprendizagens, cavam desigualdades e arrastam consigo problemas acrescidos.

Em Coimbra, João Louceiro, da coordenação do SPRC e do Secretariado Nacional da FENPROF, falou aos órgãos de comunicação social sobre o regresso à atividade presencial e sobre as medidas que a FENPROF defende que sejam tomadas.

 

O SPN esteve presente na EB do Bom Sucesso, no Porto. Para António Baldaia, coordenador do 1.º CEB do SPN, este foi um regresso tranquilo e desejado pelos alunos e pelos educadores e professores, realçando, no entanto, as preocupações destes quanto ao cumprimento das condições sanitárias e às questões pedagógicas. Por seu turno, Manuela Mendonça, coordenadora do Sindicato, referiu a enorme expetativa que os professores têm quanto ao cumprimento de mais uma promessa do Ministério da Educação relativa à testagem e à vacinação, que, de acordo com o anunciado hoje (15 de março), pelo ME, terá início no próximo fim de semana. Por enquanto, o facto de os educadores e professores, assim como os outros profissionais da educação, terem regressado sem que qualquer testagem prévia tivesse sido realizada, como seria desejável, não constitui grande augúrio.

Ver fotos e reportagem completa aqui.


 

Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo