CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
29 out 2008 / 10:19

8 de Novembro: mobilização atinge já níveis excepcionais

"Os Sindicatos da FENPROF estão a realizar, em todas as escolas e agrupamentos de escolas, reuniões sindicais onde estão a ser discutidas matérias de inquestionável interesse para o futuro da escola pública e da profissão docente", sublinha uma nota divulgada (28/10/2008) pelo Secretariado Nacional da FENPROF, que acrescenta:

A avaliação do desempenho dos professores e educadores, os seus horários de trabalho, a fractura na carreira, a grande instabilidade profissional, o regime de concursos e as alterações que o ME pretende, mais uma vez, impor, sendo factores determinantes da mobilização e da contestação dos professores e educadores portugueses, inscrevem-se nas razões que fazem das reuniões realizadas das mais participadas de sempre e da adesão à Manifestação de 8 de Novembro, hoje, a duas semanas da sua realização, uma das mais elevadas.

Os docentes perceberam o verdadeiro sentido político do dia 8 de Novembro. Não só responde, sem margem para dúvidas, ao ataque que sobre os docentes está ser exercido permanente e sistematicamente, como dará um sinal inequívoco de que os professores estão dispostos a prosseguir a acção e a luta, resistindo a esta política para impedir os seus resultados muito negativos.

Neste quadro, a FENPROF renova o apelo a todos os professores para que prossigam a mobilização para o que será um grande Plenário e Manifestação Nacional no dia 8 e para que, em cada escola, em cada agrupamento, em cada reunião, renovem o protesto contra este modelo de avaliação, designadamente aprovando posições de exigência da sua suspensão.

Tem corrido a blogosfera e tem-se propagado por correio electrónico a informação de que a FENPROF iria realizar uma reunião com representantes de três movimentos de professores. Esta informação não é rigorosa. Foi solicitada, apenas, a possibilidade de representantes de movimentos exporem os motivos dos seus recentes posicionamentos em relação à situação na Educação. O que foi, aliás, aceite, como também é normal fazer-se, sempre que uma associação ou movimento o solicita, num espírito de unidade que a FENPROF sempre sustentou.

A FENPROF apela à mobilização de todos os docentes e para que participem em todos os plenários e reuniões que continuam a ser promovidos em todo o país nos quais podem ser debatidos, efectivamente, frente a frente, confrontando posições, de forma clara, os factos e a actual situação na Educação. O dia 8 de Novembro, numa manifestação que todos os dados já recolhidos garantem vir a ser um dia memorável, reforçará a unidade de todos os professores e educadores. / O Secretariado Nacional da FENPROF, 28/10/2008


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Acção Sindical
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo