FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
 Pela Paz
RSS
01 jul 2021 / 14:18

Paz sim! NATO não! 14 de Junho

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) realizou uma Cimeira a 14 de Junho, em Bruxelas, onde – com o pretexto de ‘novas ameaças’ – se propôs aprofundar o seu conceito estratégico ofensivo e a sua postura de confrontação. A CGTP-IN sublinha a importância para os trabalhadores da defesa da causa da paz e da segurança coletiva e apelou à participação nas ações «Paz sim! NATO não!», que tiveram lugar em Lisboa e no Porto, na segunda-feira, dia 14 de Junho.

A NATO e os seus países membros continuam a aumentar os gastos militares, que atingem novos máximos, e a promover a criação de novos e mais sofisticados armamentos, incluindo armas nucleares, num momento em que a Humanidade se vê confrontada com a pandemia da Covid-19 e são necessários investimentos para a salvaguarda da saúde – incluindo para a vacinação –, dos salários, do emprego, dos direitos sociais, do desenvolvimento.

Em 2020, em plena pandemia, os 29 países membros da NATO gastaram cerca de 1103 mil milhões de dólares em despesas militares, mais 6% que em 2019, totalizando 55% dos gastos militares mundiais – isto é, mais do que gastam em conjunto os restantes 164 países no mundo. Só os EUA são responsáveis por quase 40% dos gastos militares ao nível mundial.

Os EUA, com o apoio da NATO, têm-se desvinculado de importantes tratados internacionais que visam conter a corrida armamentista e promover a confiança mútua. 

Saiba mais aqui


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Voltar ao Topo