CGTP  |  FRENTE COMUM  |  INTERNACIONAL EDUCAÇÃO  |  FMTC  |  CPLP-SE
 
 SPN  | SPRC  | SPGL  | SPZS  | SPRA  | SPM  | SPE  

FENPROF
09 jan 2017 / 18:07

Professores surdos exigem criação do grupo de recrutamento de Língua Gestual Portuguesa (LGP)

A entrar na reta final da revisão do regime de concursos, a FENPROF propôs ao ME, para incluir na ata negocial final como compromisso político, a criação de novos grupos de recrutamento, um deles o de Língua Gestual Portuguesa (LGP).

Nos mais variados momentos, os decisores políticos têm dado o seu consenso à criação desse grupo de recrutamento, pois a sua falta leva a que os docentes de LGP não sejam tratados como tal, o que significa não terem lugares de quadro ou acesso à carreira, sendo sempre colocados tardiamente nas escolas, um problema que afeta todos os técnicos especializados. Contudo, com a negociação a chegar ao fim, o ME não dá sinais evidentes de vontade política para a criação deste grupo, já com implicação nos concursos que se realizarão em 2017.

Com o objetivo de denunciar a situação e fazer passar a sua mensagem, professores surdos que lecionam LGP dirão, na sua língua, por que razão lutam pela criação de um grupo de recrutamento para a sua disciplina.

A Conferência de Imprensa terá lugar em 11 de janeiro (quarta-feira), pelas 15:00 horas, em Lisboa, na sede da FENPROF (Rua Fialho de Almeida, n.º3). Estarão presentes dirigentes da FENPROF e da Afomos (associação de docentes de LGP).

Convidamos os/as senhores/as jornalistas a acompanharem esta conferência de Imprensa.

O Secretariado Nacional da FENPROF
9/01/2017 

 

 


 
Imprimir Abrir como PDF

Partilhar:

|

Frentes e Sectores
Skip Navigation Links.

Voltar ao Topo